Li­nhas de cré­di­to bra­si­lei­ras sus­pen­sas há mais de um ano

Jornal de Angola - - PARTADA -

Em co­mu­ni­ca­do, o Go­ver­no da Re­pú­bli­ca de An­go­la vem a pú­bli­co es­cla­re­cer que não têm fun­da­men­to no­tí­ci­as pos­tas a cir­cu­lar em vá­ri­os ór­gãos de im­pren­sa, se­gun­do as quais não te­ri­am si­do uni­la­te­ral­men­te sus­pen­sas as li­nhas de cré­di­to bra­si­lei­ras pa­ra o fi­nan­ci­a­men­to de pro­jec­tos es­tru­tu­ran­tes. Es­ta sus­pen­são ocor­reu, de fac­to, há mais de um ano e te­ve re­fle­xos na ac­ti­vi­da­de das em­pre­sas bra­si­lei­ras que ope­ram em An­go­la e se en­con­tram vin­cu­la­das por im­por­tan­tes contratos de em­prei­ta­da ao Go­ver­no an­go­la­no, que ti­ve­ram de in­ter­rom­per os seus tra­ba­lhos e des­pe­dir pes­so­al an­go­la­no. Por es­sa ra­zão, o Go­ver­no an­go­la­no te­ve de mo­bi­li­zar ou­tros re­cur­sos e en­con­trar so­lu­ções fi­nan­cei­ras al­ter­na­ti­vas pa­ra não in­ter­rom­per os tra­ba­lhos em cur­so, no­me­a­da­men­te a cons­tru­ção da bar­ra­gem de Laú­ca, o al­te­a­men­to da bar­ra­gem de Cam­bam­be e ou­tros. A co­o­pe­ra­ção en­tre a Re­pú­bli­ca de An­go­la e a Re­pú­bli­ca Fe­de­ra­ti­va do Bra­sil fun­da­men­ta-se no Acor­do Ge­ral de Co­o­pe­ra­ção Téc­ni­ca e Ci­en­tí­fi­ca, ru­bri­ca­do em 11 de Ju­nho de 1980, ba­se de to­dos os Pro­to­co­los de En­ten­di­men­to bi­la­te­rais, e os Acor­dos In­ter-Go­ver­na­men­tais so­bre as Li­nhas de Cré­di­to, com ga­ran­ti­as re­ais no pe­tró­leo bru­to, que su­por­tam os contratos de em­prei­ta­da. O Go­ver­no da Re­pú­bli­ca de An­go­la so­li­ci­tou no pas­sa­do mês de Ju­nho es­cla­re­ci­men­tos às au­to­ri­da­des bra­si­lei­ras so­bre as ra­zões da sus­pen­são des­sas li­nhas de cré­di­to e pre­ten­de en­vi­ar em tem­po opor­tu­no uma de­le­ga­ção go­ver­na­men­tal pa­ra com elas de­ba­ter es­ta ques­tão, a fim de se che­gar a um en­ten­di­men­to que con­ve­nha a am­bas as par­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.