CI­TA­ÇÕES

Jornal de Angola - - OPINIÃO -

“An­go­la não tem mui­tas par­ce­ri­as es­tra­té­gi­cas. Es­ta re­la­ção com o Bra­sil é es­pe­ci­al e só­li­da. Va­mos co­me­mo­rar o 41º ani­ver­sá­rio da nos­sa In­de­pen­dên­cia e o Bra­sil foi o pri­mei­ro país a re­co­nhe­cê-la e ho­je con­ti­nua re­gu­lar na ma­nu­ten­ção des­ta re­la­ção.”

Nel­son Cos­me, em­bai­xa­dor de An­go­la no Bra­sil

“Al­gu­mas ve­zes, há quem es­te­ja a brin­car de en­si­no su­pe­ri­or. Ima­gi­ne que um es­tu­dan­te es­te­ja ad­mi­ti­do no en­si­no su­pe­ri­or sem nun­ca ter fei­to exa­me de ad­mis­são e se o faz é um exa­me não sé­rio. Não sa­be es­cre­ver e ter­mi­na o cur­so e se apre­sen­ta co­mo pro­fes­sor, quan­do de pro­fes­sor não tem na­da.”

Adão do Nas­ci­men­to, Mi­nis­tro do En­si­no Su­pe­ri­or

“É im­por­tan­te que o pro­fes­sor pri­vi­le­gie a or­dem em vez da anar­quia, o pla­ne­a­men­to e não o im­pro­vi­so, a res­pon­sa­bi­li­da­de, no lu­gar da ba­na­li­za­ção, per­mi­tin­do que flo­res­ça a cultura ins­ti­tu­ci­o­nal en­quan­to ga­ran­tia de qua­li­da­de de en­si­no na for­ma­ção de pro­fes­so­res.”

Idem

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.