En­co­men­das à in­dús­tria ale­mã so­fre­ram re­du­ção

Jornal de Angola - - ECONOMIA -

As en­co­men­das à in­dús­tria ale­mã des­ce­ram ines­pe­ra­da­men­te no mês de Se­tem­bro, re­flec­tin­do um abrandamento do cres­ci­men­to na mai­or eco­no­mia da União Eu­ro­peia (UE) nos me­ses de Ve­rão.

As en­co­men­das, ajus­ta­das à in­fla­ção e efei­tos de sa­zo­na­li­da­de, caí­ram 0,6 por cen­to fa­ce a Agos­to, mês em que au­men­ta­ram 0,9 por cen­to, re­ve­lou on­tem o Mi­nis­té­rio ale­mão da Eco­no­mia, em do­cu­men­to di­vul­ga­do em Ber­lim. Es­te in­di­ca­dor fi­cou abai­xo do es­pe­ra­do, já que os es­pe­ci­a­lis­tas con­sul­ta­dos pe­la Blo­om­berg an­te­ci­pa­vam uma su­bi­da de 0,2 por cen­to.

Em com­pa­ra­ção com o mes­mo mês do ano pas­sa­do, as en­co­men­das às fá­bri­cas ale­mãs au­men­ta­ram 2,6 por cen­to.

Os da­dos di­vul­ga­dos on­tem pe­la Blo­om­berg con­fir­mam a es­ti­ma­ti­va do Bun­des­bank, o ban­co cen­tral da Ale­ma­nha, de que a eco­no­mia do gi­gan­te da Eu­ro­pa abran­dou no ter­cei­ro tri­mes­tre.

Des­de en­tão, a ac­ti­vi­da­de in­dus­tri­al ace­le­rou, com as em­pre­sas a au­men­ta­rem as con­tra­ta­ções, em res­pos­ta à for­te pro­cu­ra ex­ter­na – es­pe­ci­al­men­te dos Es­ta­dos Uni­dos e Ásia – e o de­sem­pre­go a cair pa­ra um no­vo mí­ni­mo his­tó­ri­co.

Se­gun­do a Blo­om­berg, a pro­cu­ra in­ter­na des­ceu 1,1 por cen­to e as en­co­men­das pa­ra ex­por­ta­ção di­mi­nuí­ram 0,3 por cen­to. As en­co­men­das da Zo­na Eu­ro caí­ram 4,5 por cen­to en­quan­to os pe­di­dos fo­ra da re­gião da mo­e­da úni­ca au­men­ta­ram 2,5 por cen­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.