Exe­cu­ti­vo pre­pa­ra pro­tec­ção so­ci­al es­pe­ci­al

Jornal de Angola - - POLÍTICA - VICTORINO JO­A­QUIM |

O Exe­cu­ti­vo es­tá a pre­pa­rar le­gis­la­ção com um re­gi­me de pro­tec­ção so­ci­al es­pe­ci­al pa­ra en­qua­drar os an­ti­gos combatentes e ve­te­ra­nos da pátria não in­se­ri­dos na Cai­xa de Se­gu­ran­ça So­ci­al das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas, in­for­mou on­tem o se­cre­tá­rio de Es­ta­do dos An­ti­gos Combatentes e Ve­te­ra­nos da Pátria, Cle­men­te Cun­ju­ca.

Em de­cla­ra­ções à im­pren­sa, à mar­gem de um se­mi­ná­rio so­bre a le­gis­la­ção es­sen­ci­al pa­ra os An­ti­gos Combatentes e Ve­te­ra­nos da Pátria, Cle­men­te Cun­ju­ca ex­pli­cou que a le­gis­la­ção ac­tu­al con­fe­re uni­ca­men­te um re­gi­me de pro­tec­ção es­pe­ci­al aos an­ti­gos combatentes e de­fi­ci­en­tes de guer­ra, mas não aos ve­te­ra­nos da pátria.

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do apon­tou co­mo um dos mai­o­res de­sa­fi­os do sec­tor a re­for­ma dos an­ti­gos combatentes e ve­te­ra­nos da pátria, pe­lo fac­to de mui­tos não te­rem al­can­ça­do o grau de te­nen­te ou ge­ne­ral, que lhes per­mi­tis­se es­tar in­te­gra­dos na Cai­xa de Se­gu­ran­ça So­ci­al das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas.

Pen­sões

De acor­do com Cle­men­te Cun­ju­ca, o Es­ta­do gas­ta tri­mes­tral­men­te dois mil mi­lhões de kwan­zas pa­ra o pa­ga­men­to de pen­sões aos 160 mil an­ti­gos mi­li­ta­res que, além da pen­são, be­ne­fi­ci­am de pro­tec­ção es­pe­ci­al, quer no do­mí­nio da saú­de, da edu­ca­ção co­mo da ha­bi­ta­ção.

Mas, dis­se o se­cre­tá­rio de Es­ta­do, o gran­de de­sa­fio de mo­men­to é a rein­te­gra­ção so­ci­al de du­as ge­ra­ções de combatentes. A pri­mei­ra, ex­pli­cou, cor­res­pon­de à ge­ra­ção dos que par­ti­ci­pa­ram no iní­cio da Lu­ta de Li­ber­ta­ção Na­ci­o­nal até à In­de­pen­dên­cia Na­ci­o­nal, em 1975. A se­gun­da par­ti­ci­pou na de­fe­sa da pátria, de 1975 até 2002, que foi o fim do con­fli­to ar­ma­do in­ter­no.

Os in­te­gran­tes des­sas du­as ge­ra­ções, fri­sou, não pu­de­ram ter uma pro­fis­são. Hoje, re­al­çou Cle­men­te Cun­ju­ca, o Exe­cu­ti­vo tem a obri­ga­ção de tu­do fa­zer pa­ra rein­te­grar os an­ti­gos combatentes, pa­ra que eles se­jam par­te in­te­gran­te e ac­ti­va no de­sen­vol­vi­men­to do país.

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do dis­se que o pro­gra­ma de rein­te­gra­ção so­ci­al e eco­nó­mi­ca dos an­ti­gos combatentes, que es­tá a ser im­ple­men­ta­do em to­do o país, es­tá di­vi­di­do por sec­to­res, no­me­a­da­men­te o da rein­te­gra­ção so­ci­al e pro­du­ti­va, que cor­res­pon­de à cri­a­ção de pe­que­nas e mé­di­as em­pre­sas, in­cluin­do as co­o­pe­ra­ti­vas, e o sec­tor de re­a­bi­li­ta­ção fí­si­ca e psi­co­ló­gi­ca, com as­sis­tên­cia mé­di­ca e me­di­ca­men­to­sa, uma vez que o Mi­nis­té­rio tem o con­tro­lo de 25 mil de­fi­ci­en­tes de guer­ra que re­ce­bem as­sis­tên­cia em 11 cen­tros de re­a­bi­li­ta­ção fí­si­ca. Cle­men­te Cun­ju­ca ex­pli­cou não ser pos­sí­vel pro­ce­der à rein­te­gra­ção so­ci­o­e­co­no­mi­ca dos de­fi­ci­en­tes de guer­ra sem a sua re­a­bi­li­ta­ção fí­si­ca.

O di­rec­tor do Ga­bi­ne­te Ju­rí­di­co do Mi­nis­té­rio dos An­ti­gos Combatentes e Ve­te­ra­nos da Pátria e co­or­de­na­dor do se­mi­ná­rio, João Cor­dei­ro, dis­se que o even­to te­ve co­mo ob­jec­ti­vo a ele­va­ção dos co­nhe­ci­men­tos ju­rí­di­cos e a pro­mo­ção da cul­tu­ra or­ga­ni­za­ci­o­nal, pa­ra sau­dar o 41.º aniversário da In­de­pen­dên­cia Na­ci­o­nal.

Nes­te pro­ces­so, dis­se João Cor­dei­ro, os an­ti­gos combatentes e ve­te­ra­nos da pátria ocu­pam um lu­gar de des­ta­que por se­rem o exem­plo vi­vo da co­ra­gem do po­vo an­go­la­no.

Du­ran­te o se­mi­ná­rio, os par­ti­ci­pan­tes dis­cu­ti­ram te­mas co­mo “A Si­tu­a­ção or­gâ­ni­ca das di­rec­ções pro­vin­ci­ais dos An­ti­gos Combatentes e Ve­te­ra­nos da Pátria”, “Lei do An­ti­go Com­ba­ten­te e De­fi­ci­en­te de Guer­ra” e “Com­pen­sa­ção pe­cu­niá­ria dos An­ti­gos Combatentes, de­fi­ci­en­tes de guer­ra e fa­mi­li­a­res de combatentes tom­ba­dos”.

JO­SÉ CO­LA

Se­cre­tá­rio de Es­ta­do dos An­ti­gos Combatentes e Ve­te­ra­nos da Pátria Cle­men­te Cun­ju­ca

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.