Su­ze­te João de­fen­de apos­ta na edu­ca­ção

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - MAZARINO DA CUNHA |

A lí­der da Te­o­só­fi­ca Es­pí­ri­ta, Su­ze­te João, afir­mou que, ape­sar das di­fi­cul­da­des, An­go­la es­tá a dar pas­sos pa­ra al­can­çar o me­lhor pa­ra os seus fi­lhos. Mas, acres­cen­tou, “de­ve­mos in­ves­tir na edu­ca­ção pa­ra que os mais jo­vens te­nham a no­ção da res­pon­sa­bi­li­da­de pa­ra com o fu­tu­ro do país.”

Su­ze­te João dis­se que os ga­nhos al­can­ça­dos com a In­de­pen­dên­cia de An­go­la per­mi­ti­ram a me­lho­ria da vi­da dos an­go­la­nos nos as­pec­tos hu­ma­no, so­ci­al, eco­nó­mi­co, po­lí­ti­co, cul­tu­ral e re­li­gi­o­so. Do seu pon­to de vis­ta, a con­ti­nui­da­de da In­de­pen­dên­cia de An­go­la de­pen­de do res­pei­to pe­los ór­gãos de so­be­ra­nia, da acei­ta­ção da di­fe­ren­ça e da par­ti­ci­pa­ção de to­dos no pro­ces­so de re­con­ci­li­a­ção na­ci­o­nal.

Fri­sou que, en­quan­to par­cei­ra do Governo, a Igre­ja Te­o­só­fi­ca Es­pí­ri­ta e os seus cren­tes vão con­ti­nu­ar a co­la­bo­rar pa­ra a cons­tru­ção de uma na­ção una, in­di­vi­sí­vel, pa­cí­fi­ca e pro­mis­so­ra. Su­ze­te João dis­se ain­da que a ce­le­bra­ção dos 41 anos de in­de­pen­dên­cia ser­ve de ra­zão pa­ra to­dos os an­go­la­nos lem­bra­rem que va­leu a pe­na tra­ba­lhar em con­jun­to na edi­fi­ca­ção do ho­mem no­vo, den­tro dos pa­drões da re­con­ci­li­a­ção.

Os es­for­ços pa­ra re­vo­lu­ci­o­nar os trans­por­tes em to­do o mun­do es­tão a ga­nhar for­ça, com ca­da vez mais go­ver­nos e em­pre­sas a ex­plo­ra­rem as pos­si­bi­li­da­des ofe­re­ci­das pe­los veí­cu­los mo­vi­dos a elec­tri­ci­da­de e pe­los sis­te­mas de transporte com bai­xa emis­são de car­bo­no.

“O sector dos trans­por­tes po­de ofe­re­cer mui­to, tan­to em re­la­ção à des­car­bo­ni­za­ção co­mo ao bem-es­tar hu­ma­no. Nes­se as­pec­to, os paí­ses es­tão a apro­xi­mar-se”, afir­mou Pau­la Ca­bal­le­ro, di­rec­to­ra glo­bal do pro­gra­ma de Cli­ma do Ins­ti­tu­to de Re­cur­sos Mun­di­ais, em con­fe­rên­cia de im­pren­sa sá­ba­do, em Mar­ra­que­xe, Mar­r­ro­cos, à mar­gem da Con­fe­rên­cia Mun­di­al so­bre o Cli­ma (COP 22). Pau­la Ca­bal­le­ro dis­se que a No­va Agen­da Ur­ba­na, apro­va­da em Ou­tu­bro de 2016, no Equa­dor, na Con­fe­rên­cia das Nações Unidas so­bre Ha­bi­ta­ção e De­sen­vol­vi­men­to Ur­ba­no Sus­ten­tá­vel (Ha­bi­tat III), cla­ra­men­te en­qua­dra tu­do is­so. “Tra­ta-se de ga­ran­tir que ha­ja in­fra-es­tru­tu­ras pa­ra o ci­clis­mo e trans­por­tes pú­bli­cos mui­to me­lho­res”, acres­cen­tou.

A mi­nis­tra mar­ro­qui­na res­pon­sá­vel pe­lo Am­bi­en­te, Ha­ki­ma el Hai­té, ex­pri­miu, na mes­ma con­fe­rên­cia de im­pren­sa, o seu op­ti­mis­mo qu­an­to ao fu­tu­ro. “O transporte po­de ser re­vo­lu­ci­o­ná­rio ama­nhã. Te­re­mos es­tra­das so­la­res e tal­vez te­nha­mos veí­cu­los so­la­res”, afir­mou. “As ini­ci­a­ti­vas de transporte, ao cri­a­rem uma no­va re­a­li­da­de no ter­re­no, au­men­tam a com­pre­en­são e o apoio po­pu­lar pa­ra a ac­ção cli­má­ti­ca, o que, por sua vez, im­pul­si­o­na a am­bi­ção dos go­ver­nos pa­ra en­fren­ta­rem as mudanças cli­má­ti­cas”, acres­cen­tou.

O sector dos trans­por­tes é res­pon­sá­vel por 24 por cen­to das emis­sões de ga­ses com efei­to de es­tu­fa. Se não hou­ver in­ter­rup­ção, as emis­sões de ga­ses no­ci­vos por con­ta do sector dos trans­por­tes po­dem au­men­tar de 7,7 gi­ga­to­ne­la­das pa­ra cer­ca de 15 até 2050.

An­go­la par­ti­ci­pa na Con­fe­rên­cia so­bre o Cli­ma de Mar­ra­que­xe com uma de­le­ga­ção che­fi­a­da pe­la mi­nis­tra do Am­bi­en­te, Fá­ti­ma Jar­dim, e in­te­gra­da por se­cre­tá­ri­os de Es­ta­do e al­tos fun­ci­o­ná­ri­os do Governo, de­pu­ta­dos, téc­ni­cos do Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te e re­pre­sen­tan­tes da so­ci­e­da­de ci­vil.

A de­le­ga­ção tem agen­da­do um con­jun­to de en­con­tros pa­ra o re­for­ço das re­la­ções po­lí­ti­cas, o es­ta­be­le­ci­men­to de par­ce­ri­as es­tra­té­gi­cas e a cap­ta­ção de fun­dos pa­ra o fi­nan­ci­a­men­to de pro­jec­tos no âm­bi­to das al­te­ra­ções cli­má­ti­cas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.