So­pa de Le­tras

Jornal de Angola - - LAZER -

No tri­bu­nal, um réu, mui­to es­far­ra­pa­do, afir­ma e ju­ra pe­la al­ma de to­dos os seus de­fun­tos que um re­ló­gio que o acu­sa­vam de ter rou­ba­do era de­le.

- Ora bem - dis­se-lhe o juiz - Co­mo é que po­de jus­ti­fi­car ser o do­no de um ob­jec­to de tan­to va­lor? - Era do meu pai. - O seu pai nun­ca te­ve, de­cer­to, ren­di­men­tos que lhe per­mi­tis­sem ter um re­ló­gio as­sim!

- Te­ve, sim se­nhor: era ga­tu­no. En­con­tre as se­guin­tes pa­la­vras:

Brin­cos e re­ló­gi­os.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.