Pa­tri­o­ta e Viana com mais ru­as as­fal­ta­das

Jornal de Angola - - DESPORTO - NILZA MASSANGO |

Mais de 60 ru­as da Ur­ba­ni­za­ção Lar do Pa­tri­o­ta, mu­ni­cí­pio de Be­las, 32 da vi­la de Viana es­tão fun­ci­o­nais, com a co­lo­ca­ção de as­fal­to, energia eléctrica, ilu­mi­na­ção pú­bli­ca, pas­sei­os, re­de de es­go­to, abas­te­ci­men­to de água po­tá­vel e ou­tros ser­vi­ços que dei­xam sa­tis­fei­tos os mu­ní­ci­pes da­que­las lo­ca­li­da­des da pro­vín­cia de Lu­an­da.

On­tem, o Mi­nis­té­rio da Cons­tru­ção, atra­vés da Di­rec­ção Na­ci­o­nal de In­fra-es­tru­tu­ras Pú­bli­cas, fez a en­tre­ga ao Governo da Pro­vín­cia de Lu­an­da da em­prei­ta­da. O pro­jec­to es­tá en­qua­dra­do na cons­tru­ção de in­fra-es­tru­tu­ras in­te­gra­das.

Des­de a con­clu­são das obras que ti­ve­ram iní­cio em 2014, os mo­ra­do­res, tan­to os de Viana co­mo os do Lar do Pa­tri­o­ta, sen­tem os be­ne­fí­ci­os de te­rem as ru­as ope­ra­ci­o­nais e li­vres de bu­ra­cos, po­ei­ra, águas pa­ra­das e ou­tros pro­ble­mas de­cor­ren­tes da fal­ta de ilu­mi­na­ção pú­bli­ca.

Em Viana, fo­ram re­cu­pe­ra­dos cer­ca de 15 qui­ló­me­tros de re­de viá­ria, dez de abas­te­ci­men­to de água, igual dis­tân­cia de re­de de es­go­to do­més­ti­co, 15 de re­de de águas plu­vi­ais e 15 de elec­tri­ci­da­de e ilu­mi­na­ção pú­bli­ca. O va­lor do con­tra­to da em­prei­ta­da, em Viana, é de 46 mi­lhões de dó­la­res e be­ne­fi­cia cin­co mil ha­bi­tan­tes.

Mar­ta Chin­gan­go é mo­ra­do­ra do Lar do Pa­tri­o­ta há dez anos e con­fes­sou que a ur­ba­ni­za­ção, nes­ta pri­mei­ra fa­se, me­lho­rou mui­to em ter­mos de sa­ne­a­men­to bá­si­co.

O governador pro­vin­ci­al de Lu­an­da, Hi­gi­no Car­nei­ro, re­co­nhe­ceu que o tra­ba­lho de­sen­vol­vi­do pe­lo Mi­nis­té­rio da Cons­tru­ção e to­dos os ac­to­res li­ga­dos ao pro­jec­to da em­prei­ta­da es­tá a con­fe­rir no­va ima­gem a uma par­te do mu­ni­cí­pio de Viana. “Obras do gé­ne­ro vão con­ti­nu­ar no mu­ni­cí­pio. Viana tem vin­do a cres­cer to­dos os di­as por via da re­qua­li­fi­ca­ção que acon­te­ce na ci­da­de ca­pi­tal”, lem­brou. Hi­gi­no Car­nei­ro dis­se es­tar em per­ma­nen­te diá­lo­go com o Mi­nis­té­rio da Cons­tru­ção pa­ra que ac­ções do gé­ne­ro se­jam fei­tas pa­ra re­sol­ver os pro­ble­mas de aces­so a Ca­lum­bo, me­lhor in­te­gra­ção das co­mu­ni­da­des no Zan­go, das áre­as vi­zi­nhas, prin­ci­pal­men­te do Qui­ló­me­tro 44 e do fu­tu­ro dis­tri­to ur­ba­no de Vi­la Flor, que de­ve ver no­me­a­da uma en­ti­da­de pa­ra a sua ges­tão ad­mi­nis­tra­ti­va, bem co­mo da Be­la Vis­ta, on­de es­tá si­tu­a­do o no­vo ae­ro­por­to in­ter­na­ci­o­nal.

No Lar do Pa­tri­o­ta, on­de fo­ram igual­men­te en­tre­gues as in­fra-es­tru­tu­ras pú­bli­cas in­te­gra­das, o governador pe­diu aos ci­da­dãos a pre­ser­va­ção dos bens pú­bli­cos.

O mi­nis­tro da Cons­tru­ção dis­se que as in­fra-es­tru­tu­ras en­tre­gues ao Governo da Pro­vín­cia de Lu­an­da en­qua­dram-se na vi­são alar­ga­da do Exe­cu­ti­vo de me­lho­ria das con­di­ções de vi­da dos an­go­la­nos. Por is­so, Ar­tur For­tu­na­to pe­diu aos ci­da­dãos mai­or con­ser­va­ção pa­ra a du­ra­bi­li­da­de das obras.

O mi­nis­tro dis­se que Lu­an­da vi­ve os mes­mos pro­ble­mas das gran­des me­tró­po­les, on­de a mo­bi­li­da­de ur­ba­na é das ques­tões mais pre­o­cu­pan­tes. Por is­so, re­al­çou que o gran­de de­sa­fio é as­se­gu­rar a flui­dez do trân­si­to, a segurança e con­for­to dos au­to­mo­bi­lis­tas, peões e ou­tros uten­tes das vi­as.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.