Ivo Tra­ça jo­ga lim­po

Jornal de Angola - - LAZER -

O trei­na­dor do Des­por­ti­vo da Huí­la, Ivo Tra­ça, um filho do Mar­çal, gos­ta de jo­go lim­po. Hu­mil­de co­mo é e sem pa­pas na lín­gua, ad­mi­tiu e, se ca­lhar, vai con­ti­nu­ar a acei­tar os seus er­ros. Pri­mei­ro, quan­do hou­ve al­gu­mas ma­kas no clu­be, veio ao pú­bli­co, por in­ter­mé­dio da co­mu­ni­ca­ção so­ci­al, pe­dir a sua de­mis­são. Mas os “do­nos” da agre­mi­a­ção con­se­gui­ram con­ven­cê-lo. Co­mo a gen­te do mus­se­que não gos­ta de per­der, mas de ir até às úl­ti­mas con­sequên­ci­as, o “miú­do” trei­na­dor mes­mo sa­ben­do que po­dia des­cer de divisão con­ti­nu­ou com a lu­ta e ti­nha a cer­te­za de que a vi­tó­ria era cer­ta. É as­sim que con­ti­nua no Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal da I Divisão. Gen­te gos­tou de ou­vir Ivo Tra­ça, nu­ma en­tre­vis­ta à Rá­dio Cin­co, a re­co­nhe­cer que par­te do fra­cas­so que o Des­por­ti­vo da Huí­la te­ve foi por meia cul­pa sua. Com hu­mil­da­de, dis­se: “Não co­la­bo­rei com a di­rec­ção ad­mi­nis­tra­ti­va do Des­por­ti­vo da Huí­la e quan­do dei con­ta já era tar­de. Ao 1º de Maio, Por­ce­la­na FC e ao 4 de Abril, de­se­jo um bom tra­ba­lho pa­ra que re­gres­sem na pró­xi­ma tem­po­ra­da.” Pa­la­vras co­mo­ven­tes!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.