So­pa de Le­tras

Jornal de Angola - - LAZER -

********** - Dez mil kwan­zas por um su­mo de la­ran­ja? - Per­gun­ta um cli­en­te ao director de um ho­tel. É um rou­bo! Nem eu, nem a mi­nha mu­lher o be­be­mos.

- Meu ca­ro senhor, o su­mo es­te­ve to­dos os dias à sua dis­po­si­ção no quar­to. Não te­nho cul­pa que não o te­nha be­bi­do.

- Ai, é? Nes­se ca­so quei­ra bai­xar na con­ta cin­co mil pe­lo bei­jo que o senhor deu à mi­nha mu­lher to­dos os dias.

- Eu, meu ca­ro senhor?! - Diz o director, in­dig­na­do. Nun­ca me pas­sa­ria pe­la ca­be­ça dar um bei­jo à sua mu­lher.

- Que im­por­ta? Ela es­te­ve to­dos os dias aqui no seu ho­tel. Não te­nho cul­pa que não a te­nha bei­ja­do. En­con­tre as se­guin­tes pa­la­vras:

al­fi­ne­te, fral­da e ba­be­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.