Au­to­ri­da­des da pro­vín­cia pre­o­cu­pa­das com os ca­sos

Jornal de Angola - - PROVÍNCIAS - DO­MIN­GOS MUCUTA |

O che­fe do de­par­ta­men­to na­ci­o­nal de ac­ção so­ci­al es­co­lar do Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção, Pe­dro Agos­ti­nho, de­fen­deu, na ci­da­de do Lu­ban­go, a cri­a­ção de mais ga­bi­ne­tes de apoio psi­co-pe­da­gó­gi­co nas ins­ti­tui­ções de en­si­no pa­ra pro­mo­ver e sen­si­bi­li­zar os alu­nos, com vis­ta a re­du­zir os ca­sos de gra­vi­dez pre­co­ce na ado­les­cên­cia.

Pe­dro Agos­ti­nho, que di­ri­giu um cur­so re­gi­o­nal so­bre edu­ca­ção se­xu­al abran­gen­te, pro­mo­vi­do pe­lo go­ver­no da pro­vín­cia da Huí­la em par­ce­ria com o Fun­do das Na­ções Uni­das pa­ra a Po­pu­la­ção (FNUAP), dis­se ser fun­da­men­tal in­ten­si­fi­car nas es­co­las cam­pa­nhas de sen­si­bi­li­za­ção, por ser um lu­gar on­de se con­cen­tra o mai­or nú­me­ro de ado­les­cen­tes e jo­vens.

“É na es­co­la on­de en­con­tra­mos um aglo­me­ra­do de jo­vens e ado­les­cen­tes. Por is­so, ca­da es­ta­be­le­ci­men­to de en­si­no de­ve pos­suir um ga­bi­ne­te de apoio psi­co-pe­da­gó­gi­co pa­ra exer­cer o seu pa­pel na sen­si­bi­li­za­ção dos alu­nos, no sen­ti­do de pre­ve­nir os even­tu­ais ca­sos de gra­vi­dez pre­co­ce”, acon­se­lhou.

O res­pon­sá­vel do Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção dis­se que en­tre acom­pa­nhar os ca­sos con­su­ma­dos de ado­les­cen­tes grá­vi­das o me­lhor é pre­ve­ni-las pa­ra evi­tar os ris­cos re­la­ci­o­na­dos com par­tos por des­pre­pa­ro fí­si­co e com o aban­do­no es­co­lar. O es­pe­ci­a­lis­ta em edu­ca­ção se­xu­al e re­pro­du­ti­va con­cor­da com a te­se do Fun­do das Na­ções Uni­das pa­ra a Po­pu­la­ção que de­fen­de a im­por­tân­cia de ga­ran­tir as con­di­ções pa­ra a con­ti­nui­da­de dos es­tu­dos das ado­les­cen­tes grá­vi­das.

“Os ga­bi­ne­tes de apoio psi­co-pe­da­gó­gi­co são fun­da­men­tais nas es­co­las do pri­mei­ro ci­clo até ao en­si­no se­cun­dá­rio. O ob­jec­ti­vo é evi­tar que as ado­les­cen­tes en­gra­vi­dem an­tes do tem­po, mas, se tal acon­te­cer, é ne­ces­sá­rio que se dê apoio psi­co­ló­gi­co pa­ra que as jo­vens se sin­tam aca­ri­nha­das”, afir­mou.

A for­ma­ção in­se­ri­da no pro­jec­to “Gra­vi­dez ze­ro nas Es­co­las”, lan­ça­do em Maio des­te ano, abor­dou, en­tre ou­tros te­mas, o HIV-Si­da, ma­lá­ria, fe­bre-ama­re­la e tu­ber­cu­lo­se. Du­ran­te o cur­so fo­ram dis­tri­buí­dos ma­nu­ais e fo­lhe­tos de edu­ca­do­res de pa­res e dro­gas.

Mo­bi­li­za­do­ra so­ci­al do pro­jec­to, Va­nu­sa da Cruz dis­se que o exem­plo de su­ces­so de ga­bi­ne­tes de apoio psi­co-pe­da­gó­gi­co é a Es­co­la 27 de Mar­ço on­de a di­rec­ção re­gis­tou es­te ano a re­du­ção de ca­sos de gra­vi­dez pre­co­ce co­mo re­sul­ta­dos das cam­pa­nhas de sen­si­bi­li­za­ção le­va­da a ca­bo pe­los mo­bi­li­za­do­res.

No qua­dro do pro­jec­to, a es­co­la 27 de Mar­ço foi se­lec­ci­o­na­da pa­ra aco­lher a ini­ci­a­ti­va pi­lo­to, que tem per­mi­ti­do a re­du­ção de gra­vi­dez.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.