Ar­tis­tas plás­ti­cos têm con­tri­bui­ção bas­tan­te po­si­ti­va

Jornal de Angola - - |CULTURA|29 -

O ar­tis­ta plás­ti­co Fran­cis­co VanDú­nem “Van”re­al­çou, em Lu­an­da, o con­tri­bu­to das ar­tes plás­ti­cas pa­ra a re­du­ção da cri­mi­na­li­da­de no país, por meio de ac­ções co­mo ex­po­si­ções que abor­dam a en­tre­ga vo­lun­tá­ria de ar­mas de fo­go em pos­se dos ci­da­dãos.

O ar­tis­ta plás­ti­co fez es­te pro­nun­ci­a­men­to à Angop, à mar­gem do se­mi­ná­rio que se re­a­li­zou no Cen­tro de Im­pren­sa Aní­bal de Me­lo, su­bor­di­na­do ao te­ma “A con­tri­bui­ção dos ar­tis­tas plás­ti­cos na trans­for­ma­ção da men­te”.

Se­gun­do Van, os ar­tis­tas são cha­ma­dos a tra­ba­lhar com as en­ti­da­des go­ver­na­men­tais pa­ra sen­si­bi­li­za­rem os ci­da­dãos a en­tre­ga­rem vo­lun­ta­ri­a­men­te ar­mas que es­te­jam em sua pos­se, es­tan­do as­sim a con­tri­buir pa­ra paz e har­mo­nia so­ci­al.

Em re­la­ção à pro­du­ção ar­tís­ti­ca, o tam­bém do­cen­te uni­ver­si­tá­rio adi­an­tou que a mes­ma es­tá em de­sen­vol­vi­men­to, com o apa­re­ci­men­to de ex­ce­len­tes jo­vens cri­a­do­res e a exis­tên­cia de ac­ti­vi­da­des ju­ve­nis, mas que ca­re­ce ain­da de uma dis­tri­bui­ção ac­ti­va.

“O cir­cui­to de dis­tri­bui­ção das obras de ar­te não é no­tó­rio, as obras en­con­tram-se ain­da, na sua mai­or par­te, con­fi­na­das em ate­li­ers, por­que o país tem pou­cas ga­le­ri­as. Exis­te pou­ca aqui­si­ção, uma vez que tam­bém te­mos pou­cos co­lec­ci­o­na­do­res em An­go­la”, acres­cen­tou.

Pa­ra o ar­tis­ta, de­via exis­tir po­lí­ti­cas e sen­si­bi­li­da­de a ní­vel do co­nhe­ci­men­to das ma­té­ri­as ar­tís­ti­cas e cul­tu­rais, bem co­mo mais diá­lo­go e mai­or apoio em mei­os ma­té­ri­as, fun­da­men­tal­men­te os de ca­rác­ter de im­por­ta­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.