Mer­ca­do an­go­la­no de ca­pi­tais di­na­mi­za o cir­cui­to se­cun­dá­rio

Jornal de Angola - - ECONOMIA -

O Pla­no Es­tra­té­gi­co da Co­mis­são de Mer­ca­dos de Ca­pi­tais (CMC) pa­ra o pe­río­do 2017/2022 po­de­rá con­tri­buir pa­ra o apro­fun­da­men­to do mer­ca­do se­cun­dá­rio de dí­vi­da pú­bli­ca e a pre­pa­ra­ção das ba­ses pa­ra o sur­gi­men­to efec­ti­vo do mer­ca­do de dí­vi­da cor­po­ra­ti­va.

A pre­si­den­te da CMC, Ve­ra Da­ves, dis­se que a di­na­mi­za­ção do seg­men­to dos fun­dos de in­ves­ti­men­to, o re­for­ço da ca­pa­ci­da­de e efi­cá­cia da su­per­vi­são, atra­vés do uso de mei­os tec­no­ló­gi­cos mo­der­nos e mo­de­los ba­se­a­dos no ris­co, se­rão tam­bém ob­jec­ti­vos a ter em con­ta, bem co­mo a op­ti­mi­za­ção e ade­qua­ção da le­gis­la­ção do mer­ca­do ao am­bi­en­te eco­nó­mi­co que o país atra­ves­sa.

“To­das es­tas ac­ções de­ve­rão ser com­ple­men­ta­das pe­lo re­for­ço das ac­ções de edu­ca­ção fi­nan­cei­ra, com par­ti­cu­lar des­ta­que pa­ra a im­ple­men­ta­ção de um Pro­gra­ma Na­ci­o­nal de Edu­ca­ção Fi­nan­cei­ra sob a égi­de dos três re­gu­la­do­res do sis­te­ma fi­nan­cei­ro na­ci­o­nal”, lê-se no re­la­tó­rio e con­tas de 2016 da ins­ti­tui­ção.

Pa­ra o su­ces­so dos ob­jec­ti­vos tra­ça­dos, a ad­mi­nis­tra­ção da CMC con­ta com o apoio das ins­ti­tui­ções fi­nan­cei­ras que ope­ram no mer­ca­do. De re­fe­rir que a Co­mis­são de Mer­ca­dos de Ca­pi­tais im­ple­men­tou, em 2016, um con­jun­to de ini­ci­a­ti­vas, en­tre elas, o lan­ça­men­to da pla­ta­for­ma elec­tró­ni­ca de su­per­vi­são e a as­si­na­tu­ra de pro­to­co­los com cin­co ban­cos da pra­ça, com o ob­jec­ti­vo de iden­ti­fi­car pro­jec­tos pas­sí­veis de fi­nan­ci­a­men­to via “Pro­ject Bonds”.

Pro­jec­tos li­ga­dos à li­te­ra­cia fi­nan­cei­ra, ao lan­ça­men­to do Mer­ca­do de Bol­sa de Tí­tu­los de Te­sou­ro (MBTT) e à ope­ra­ci­o­na­li­za­ção da Cen­tral de Va­lo­res Mo­bi­liá­ri­os (CEVAMA) fo­ram ou­tras ac­ções da ins­ti­tui­ção no exer­cí­cio ago­ra re­por­ta­do.

A Co­mis­são de Mer­ca­dos de Ca­pi­tais re­gu­la, su­per­vi­si­o­na, fis­ca­li­za e pro­mo­ve o mer­ca­do de ca­pi­tais e as ac­ti­vi­da­des que en­vol­vam to­dos os agen­tes que ne­le in­ter­ve­nham, di­rec­ta ou in­di­rec­ta­men­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.