Fó­rum das Ci­da­des de­ba­te boa ges­tão

Vi­ce-Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Bor­ni­to de Sou­sa, abre ho­je o fó­rum de aus­cul­ta­ção e con­cer­ta­ção sob o le­ma “Re­for­mar o Es­ta­do pa­ra me­lhor ser­vir o ci­da­dão” pa­ra ava­li­ar a im­ple­men­ta­ção de di­fe­ren­tes me­di­das no âm­bi­to da ad­mi­nis­tra­ção lo­cal

Jornal de Angola - - PARTADA - Ade­li­na Iná­cio

O Vi­ce-Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Bor­ni­to de Sou­sa, abre ho­je em Luanda a quin­ta edição do Fó­rum das Ci­da­des e Mu­ni­cí­pi­os de Angola, que dis­cu­te a re­du­ção da ex­ces­si­va de­pen­dên­cia des­sas lo­ca­li­da­des do OGE.

O Exe­cu­ti­vo, atra­vés do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio e Reforma do Es­ta­do, realiza ho­je, em Luanda, a quin­ta edição do Fó­rum das Ci­da­des e Mu­ni­cí­pi­os do país, pa­ra for­ta­le­cer o de­sen­vol­vi­men­to dos mu­ni­cí­pio e tra­çar me­di­das de re­for­mas pa­ra re­du­zir ao má­xi­mo a de­pen­dên­cia a ní­vel cen­tral.

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do pa­ra a Reforma do Es­ta­do, Már­cio Da­ni­el, ex­pli­cou que se pre­ten­de atin­gir o ní­vel má­xi­mo da desconcentração ad­mi­nis­tra­ti­va e trans­fe­rir com­pe­tên­ci­as da ges­tão da ad­mi­nis­tra­ção cen­tral pa­ra ad­mi­nis­tra­ção lo­cal do Es­ta­do a ní­vel dos mu­ni­cí­pi­os.

Pa­ra que tal acon­te­ça, o Exe­cu­ti­vo vai es­tu­dar me­ca­nis­mos e mé­to­dos pa­ra que os mu­ni­cí­pi­os con­si­gam se sus­ten­tar pe­los seus pró­pri­os mei­os.

O se­cre­tá­rio de Es­ta­do pa­ra a Reforma do Es­ta­do, Már­cio Da­ni­el, que fa­lou à im­pren­sa so­bre o fó­rum, sa­li­en­tou a ne­ces­si­da­de de se cri­ar um con­jun­to de con­di­ções pa­ra que os mu­ni­cí­pi­os se­jam o cen­tro de ex­ce­lên­cia na pres­ta­ção dos ser­vi­ços pú­bli­cos a vá­ri­os ní­veis, com des­ta­que pa­ra os ser­vi­ços bá­si­cos da saú­de, edu­ca­ção, sa­ne­a­men­to bá­si­co en­tre ou­tros.

Már­cio Da­ni­el adi­an­tou que a ideia é cri­ar um es­pa­ço de aus­cul­ta­ção e con­cer­ta­ção de po­lí­ti­cas pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to co­mu­ni­tá­rio, bem co­mo pro­mo­ver um es­pa­ço pa­ra ava­li­za­ção da im­ple­men­ta­ção das di­fe­ren­tes me­di­das no âm­bi­to da ad­mi­nis­tra­ção lo­cal.

O fó­rum, que ter­mi­na ama­nhã, de­cor­re sob le­ma “Re­for­mar o Es­ta­do pa­ra me­lhor ser­vir o ci­da­dão”. Már­cio Da­ni­el afir­mou que o Exe­cu­ti­vo quer uma ad­mi­nis­tra­ção mais pró­xi­ma do ci­da­dão e que per­mi­te sen­tir e aus­cul­tar os pro­ble­mas bá­si­cos dos ci­da­dãos de for­ma mais pro­fun­da.

Por is­so, o fó­rum das ci­da­des e mu­ni­cí­pi­os pas­sa ago­ra a ór­gão de con­sul­ta do Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca. An­tes, o fó­rum ti­nha uma di­men­são de es­pa­ço de aus­cul­ta­ção e con­cer­ta­ção pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to, mas com apro­va­ção, no mês pas­sa­do do De­cre­to Le­gis­la­ti­vo Pre­si­den­ci­al, ga­nhou a di­men­são de ór­gão au­xi­li­ar co­le­gi­al do Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca pa­ra ques­tões li­ga­das ao de­sen­vol­vi­men­to co­mu­ni­tá­rio. In­ves­ti­men­tos nos mu­ni­cí­pi­os. Már­cio Da­ni­el ex­pli­cou tam­bém que se pre­ten­de cri­ar um es­pa­ço pa­ra apre­sen­ta­ção e ex­po­si­ção do tra­ba­lho de­sen­vol­vi­do pe­los ór­gãos da ad­mi­nis­tra­ção lo­cal, pro­mo­ver atrac­ção de em­pre­sá­ri­os pa­ra in­ves­ti­rem nos di­fe­ren­tes mu­ni­cí­pi­os e ci­da­des de Angola, bem co­mo di­vul­gar po­ten­ci­a­li­da­des pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e so­ci­al dos mu­ni­cí­pi­os e ci­da­des.

O Exe­cu­ti­vo pre­ten­de igual­men­te cri­ar um es­pa­ço per­ma­nen­te de diá­lo­go e de­ba­te com os ór­gãos da ad­mi­nis­tra­ção lo­cal do Es­ta­do e pro­mo­ver o in­ter­câm­bio en­tre os mu­ni­cí­pi­os e ci­da­des de Angola. A ideia é de­sen­vol­ver áre­as e ava­li­ar a im­ple­men­ta­ção das di­fe­ren­tes me­di­das to­ma­das no âm­bi­to da reforma da ad­mi­nis­tra­ção lo­cal. No fó­rum, or­ga­ni­za­do pe­lo Exe­cu­ti­vo atra­vés do Mi­nis­té­rio da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio e Reforma do Es­ta­do, os par­ti­ci­pan­tes vão fa­zer uma abor­da­gem pro­fun­da so­bre a reforma do Es­ta­do, por ha­ver cons­ci­ên­cia de que a reforma do Es­ta­do abran­gen­te e pro­fí­cua re­sul­ta­rá na valorização das ca­pa­ci­da­des exis­ten­tes e no fo­men­to vi­san­do o be­mes­tar dos ci­da­dãos.

Ho­je, pri­mei­ro dia do fó­rum, os par­ti­ci­pan­tes vão de­ba­ter te­mas co­mo “O mu­ni­cí­pio e o de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e so­ci­al”, e tem co­mo pa­les­tran­te o pre­si­den­te da quar­ta co­mis­são da As­sem­bleia Na­ci­o­nal, de­pu­ta­do Vi­gí­lio Tyo­va, “O pa­pel dos mu­ni­cí­pi­os no de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e so­ci­al”, que tem co­mo pre­lec­tor o mi­nis­tro de Es­ta­do de de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e so­ci­al, Ma­nu­el Nu­nes Jú­ni­or, “O mu­ni­cí­pio e a ar­re­ca­da­ção de re­cei­tas, ex­pe­ri­en­ci­ais e de­sa­fi­os”, a ser apre­sen­ta­do pe­lo mi­nis­tro das Fi­nan­ças, Ar­cher Man­guei­ra, “Pla­ne­a­men­to mu­ni­ci­pal e de­sen­vol­vi­men­to lo­cal”, que tem co­mo pa­les­tran­te o mi­nis­tro da Eco­no­mia e Pla­ne­a­men­to, Pe­dro Luís da Fon­se­ca.

Ain­da pa­ra ho­je es­tá re­ser­va­da a dis­cus­são de te­mas so­bre “A mu­ni­ci­pa­li­za­ção dos ser­vi­ços van­ta­gem e ris­cos” a ser apre­sen­ta­do pe­lo pro­fes­sor uni­ver­si­tá­rio, Car­los Fei­jó, a “A mu­ni­ci­pa­li­za­ção dos ser­vi­ços “, pe­la do­cen­te uni­ver­si­tá­ria Eli­sa Ran­gel Nu­nes, a “Mu­ni­ci­pa­li­za­ção dos ser­vi­ços da saú­de, Ex­pe­ri­ên­ci­as e De­sa­fi­os”, pe­la mi­nis­tra da Saú­de Síl­via Lu­tu­cu­ta, e “A mu­ni­ci­pa­li­za­ção dos ser­vi­ços da edu­ca­ção­ex­pe­ri­en­ci­as e de­sa­fi­os”, pe­la mi­nis­tra da Edu­ca­ção, Ma­ria Cân­di­da Tei­xei­ra.

Es­pe­ci­a­lis­tas e de­ci­so­res po­lí­ti­cos vão fa­zer uma abor­da­gem pro­fun­da so­bre a reforma do Es­ta­do, e dis­cu­tir a valorização das ca­pa­ci­da­des exis­ten­tes pa­ra de­sen­vol­ver os mu­ni­cí­pi­os

No se­gun­do e úl­ti­mo dia do fó­rum, os par­ti­ci­pan­tes vão dis­cu­tir so­bre a “A mu­ni­ci­pa­li­za­ção, sim­pli­fi­ca­ção e mo­der­ni­za­ção dos ser­vi­ços mu­ni­ci­pais», a “Mu­ni­ci­pa­li­za­ção da ac­ção so­ci­al e do com­ba­te à po­bre­za”, pe­la mi­nis­tra da Ac­ção So­ci­al, Fa­mí­lia e Pro­mo­ção da Mu­lher, Vic­tó­ria Con­cei­ção, o “Sa­ne­a­men­to bá­si­co e mu­ni­ci­pa­li­za­ção – Que mo­de­lo”, pe­la mi­nis­tra do Am­bi­en­te, Paula Co­e­lho, e a “Sim­pli­fi­ca­ção, des­bu­ro­cra­ti­za­ção e Efi­ci­ên­cia - O pa­pel das Tec­no­lo­gi­as de In­for­ma­ção e Co­mu­ni­ca­ção», pe­lo mi­nis­tro das Te­le­co­mu­ni­ca­ções e Tec­no­lo­gi­as de In­for­ma­ção, Car­va­lho da Rocha.

O fó­rum vai con­tar tam­bém com uma au­la mag­na so­bre “Au­to­ri­da­de, Mo­ra­li­za­ção e Con­tra­to So­ci­al”. O Es­ta­do e o Ci­da­dão”, que tem co­mo pre­lec­tor o ar­ce­bis­po do Lu­ban­go, Dom Ga­bri­el Mbi­lin­gi.

PAU­LO MULAZA | EDIÇÕES NO­VEM­BRO

Pa­pel dos mu­ni­cí­pi­os no de­sen­vol­vi­men­to eco­nó­mi­co e so­ci­al do país é um dos te­mas em abor­da­gem no even­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.