Fun­do So­be­ra­no an­go­la­no tam­bém é ci­ta­do pe­los Paradise Papers

Jornal de Angola - - MUNDO -

o jor­nal suí­ço “Le Ma­tin Di­man­che” pu­bli­cou uma re­por­ta­gem, fei­ta a par­tir de do­cu­men­tos ad­qui­ri­dos pe­los Paradise Papers, na qual acu­sa o em­pre­sá­rio suí­ço-an­go­la­no Je­an-Clau­de Bas­tos de Mo­rais de es­tar a en­ri­que­cer ili­ci­ta­men­te atra­vés da ges­tão do Fun­do So­be­ra­no de Angola, por meio da sua em­pre­sa Qu­an­tum Glo­bal – num ca­so que en­vol­ve o pre­si­den­te do Fun­do So­be­ra­no an­go­la­no, Jo­sé Fi­lo­me­no dos San­tos, fi­lho do ex-Pre­si­den­te an­go­la­no, Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos. Se­gun­do a re­por­ta­gem do jor­nal suí­ço, dos cer­ca de cin­co mil mi­lhões de eu­ros do fun­do an­go­la­no, pe­lo me­nos três mil mi­lhões fo­ram di­rec­ci­o­na­dos pa­ra se­te fun­dos de in­ves­ti­men­tos se­di­a­dos nas Mau­rí­ci­as.

No jor­nal ale­mão “Ta­ges­s­pi­e­gel” lê-se que, após as des­co­ber­tas, a an­ti­ga con­se­lhei­ra fe­de­ral ale­mã, Ruth Metz­ler, saiu do con­se­lho con­sul­ti­vo do Gru­po Qu­an­tum, de­vi­do às ques­ti­o­ná­veis tran­sac­ções de Angola.

O Fun­do So­be­ra­no an­go­la­no ne­ga des­vi­os e opa­ci­da­de e afir­ma, em co­mu­ni­ca­do di­vul­ga­do na se­ma­na pas­sa­da, que “realiza ope­ra­ções de for­ma le­gí­ti­ma e res­pon­sá­vel em to­das as ju­ris­di­ções e pos­sui po­lí­ti­cas e pro­ce­di­men­tos ri­go­ro­sos pa­ra ga­ran­tir que to­das as tran­sac­ções e in­ves­ti­men­tos re­a­li­za­dos na sua car­tei­ra aten­dam aos mais al­tos pa­drões re­gu­la­tó­ri­os”. A União Na­ci­o­nal pa­ra a In­de­pen­dên­cia To­tal de Angola (UNITA), o mai­or par­ti­do da opo­si­ção an­go­la­na, pe­de res­pon­sa­bi­li­da­des, exi­ge um inqué­ri­to par­la­men­tar so­bre o que cha­ma “des­ca­mi­nho de ver­bas do Fun­do So­be­ra­no de Angola”, e uma ac­ção do Exe­cu­ti­vo, da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca e da As­sem­bleia Na­ci­o­nal.

Na se­ma­na pas­sa­da,

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.