Re­du­ção da for­ça de paz po­de afec­tar me­ta da mis­são

Jornal de Angola - - MUNDO -

O pla­no da União Afri­ca­na pa­ra cor­tar a sua for­ça de ma­nu­ten­ção da paz da So­má­lia (Ami­som) vai pre­ju­di­car a mis­são, a me­nos que equi­pa­men­to ex­tra com­pen­se a re­du­ção da tro­pa, ad­ver­ti­ram res­pon­sá­veis da Mis­são e do Go­ver­no so­ma­li.

“A me­nos que te­nha­mos um mul­ti­pli­ca­dor de for­ças pro­por­ci­o­na­das em ter­mos de equi­pa­men­tos, in­te­li­gên­cia elec­tró­ni­ca, es­sa re­ti­ra­da tem um efei­to mui­to con­si­de­rá­vel na nos­sa mis­são. Acre­di­ta­mos que a ONU vai en­con­trar for­mas de com­pen­sar a la­cu­na”, dis­se à Reuters o che­fe da Ami­som, Fran­cis­co Ma­dei­ra.

O di­plo­ma­ta mo­çam­bi­ca­no, que fa­la­va nu­ma con­fe­rên­cia de se­gu­ran­ça re­a­li­za­da em Mo­ga­dís­cio, dis­se que era di­fí­cil es­ti­mar o nú­me­ro de com­ba­ten­tes do gru­po al-Sha­ba­ab.

O mi­nis­tro da Se­gu­ran­ça In­ter­na da So­má­lia, Moha­med Abu­kar Is­low, dis­se à Reuters que o Go­ver­no qu­er o le­van­ta­men­to de um em­bar­go de ar­mas “pa­ra que as nos­sas for­ças ob­te­nham ar­mas e equi­pa­men­tos mi­li­ta­res su­fi­ci­en­tes”.

A for­ça, cri­a­da há dez anos, que ac­tu­al­men­te in­te­gra 22 mil pes­so­as, de­ve per­der mil sol­da­dos até ao fi­nal do ano, no âm­bi­to de um pla­no de lon­go pra­zo des­ti­na­do a en­tre­gar a se­gu­ran­ça do país ao exér­ci­to so­ma­li.

A Ami­som en­fren­ta o gru­po re­bel­de al-Sha­ba­ab, cu­jas fi­lei­ras en­gros­sam com com­ba­ten­tes do Es­ta­do is­lâ­mi­co que fo­gem da Lí­bia e da Sí­ria. Re­bel­des "sha­ba­ab" ma­ta­ram mais de 500 pes­so­as num ata­que per­pe­tra­do no mês pas­sa­do em Mo­ga­dís­cio. Foi o ata­que mais mor­tí­fe­ro na His­tó­ria re­cen­te do país.

As Na­ções Uni­das im­pu­se­ram um em­bar­go de ar­mas à So­má­lia pou­co de­pois de o país mer­gu­lhar na guer­ra ci­vil, no iní­cio da dé­ca­da de 1990. O em­bar­go foi par­ci­al­men­te le­van­ta­do em 2013, pa­ra ajudar a equi­par as for­ças go­ver­na­men­tais.

A Ami­som foi cri­a­da pa­ra ajudar a pro­te­ger o Go­ver­no de um país que des­de 1991 lu­ta pa­ra es­ta­be­le­cer a sua au­to­ri­da­de.

STRINGER| AFP Mo­ga­dís­cio é al­vo fre­quen­te de aten­ta­dos ter­ro­ris­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.