Chu­va ino­por­tu­na tra­va des­fi­le e pro­lon­ga a fes­ta

Jornal de Angola - - CULTURA - Ro­que Sil­va

A for­te chu­va que caiu on­tem so­bre a ci­da­de de Lu­an­da cri­ou mui­tos em­ba­ra­ços ao des­fi­le cen­tral da clas­se A (adul­tos), pro­vo­can­do a in­ter­rup­ção e, con­se­quen­te­men­te, o pro­lon­ga­men­to do en­cer­ra­men­to do Car­na­val de Lu­an­da.

A or­ga­ni­za­ção de­ci­diu pro­lon­gar a pre­sen­te edi­ção do Car­na­val pa­ra sá­ba­do, a par­tir das 17h00, com o des­fi­le dos três úl­ti­mos gru­pos, co­me­çan­do com o União Njin­ga Mban­de, União Ju­ven­tu­de do Ka­pa­lan­ga, ambos de Vi­a­na, e o União 54, do dis­tri­to da Mai­an­ga. A in­ten­si­da­de do ven­to im­pos­si­bi­li­tou o jú­ri, pre­si­di­do por Jo­mo For­tu­na­to, de con­ti­nu­ar o seu tra­ba­lho, e o obri­gou a pro­cu­rar re­fú­gio.

A in­ten­si­da­de da chu­va mos­trou-se in­sus­ten­tá­vel, tan­to que in­va­diu to­das as ar­qui­ban­ca­das e até o ca­sal pre­si­den­ci­al viu-se “con­vi­da­do” a aban­do­nar o re­cin­to, as­sim co­mo to­dos os es­pec­ta­do­res pre­sen­tes.

Os fo­liões per­ma­ne­ce­ram no lo­cal qu­an­do nu­ma pri­mei­ra fa­se a chu­va se mos­tra­va ino­fen­si­va, mas qu­an­do su­biu de in­ten­si­da­de vi­ram-se obri­ga­dos a dei­xar a Mar­gi­nal. A chu­va tem si­do re­cor­ren­te nas úl­ti­mas edições do Car­na­val, em­bo­ra es­te ano te­nha caí­do com mais in­ten­si­da­de.

As que­das plu­vi­o­mé­tri­cas co­me­ça­ram na al­tu­ra em que o União Ki­e­la, o ter­cei­ro a des­fi­lar e te­ve ou­tros dois mo­men­tos. Su­biu de in­ten­si­da­de com o 10 de De­zem­bro., mas ain­da as­sim, os fo­liões, em êx­ta­se, não ar­re­da­ram pé. Aplau­di­am aos gri­tos e as­so­bi­os o gru­po, pe­la for­ma ex­cên­tri­ca do co­man­dan­te Vi­dal. A pre­sen­ça dos fo­liões tor­nou-se in­sus­ten­tá­vel no exac­to mo­men­to em que o União Njin­ga Mban­de des­fi­la­va ao rit­mo da ca­be­ci­nha.

An­te­pe­núl­ti­mo da lis­ta, o rit­mo ca­be­ci­nha não con­ven­ceu as pes­so­as a fi­car, por­que o ven­to for­te ia ar­ras­tan­do as ten­das on­de se en­con­tra­vam res­guar­da­das. A Po­lí­cia Na­ci­o­nal re­gis­tou até às 21 ho­ras de on­tem vá­ri­os rou­bos de te­le­mó­veis, com a de­ten­ção de dois sus­pei­tos, dis­se ao Jor­nal de An­go­la Ma­teus Ro­dri­gues.

A nos­sa equi­pa de re­por­ta­gem pre­sen­ci­ou a de­ten­ção de um des­tes su­pos­tos me­li­an­tes. Com o in­di­ví­duo, na ca­sa dos 28 anos, fo­ram en­con­tra­dos cin­co te­le­mó­veis. Uma das su­as ví­ti­mas foi qu­em de­nun­ci­ou o rou­bo à Po­lí­cia.

Sá­ba­do e do­min­go fo­ram di­as tran­qui­los, ten­do a Po­lí­cia enal­te­ci­do o ci­vis­mo da po­pu­la­ção.

A for­te chu­va que caiu on­tem em Lu­an­da in­ter­rom­peu o des­fi­le cen­tral do Car­na­val. Os três úl­ti­mos gru­pos des­fi­lam no pró­xi­mo sá­ba­do no mes­mo lo­cal DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO Noi­te tran­qui­la

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.