An­go­la adop­ta po­lí­ti­cas con­tra trá­fi­co hu­ma­no

Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça e dos Di­rei­tos Hu­ma­nos re­a­li­za em par­ce­ria com a OIM se­mi­ná­rio so­bre trá­fi­co de pes­so­as

Jornal de Angola - - POLÍTICA -

An­go­la im­ple­men­ta uma po­lí­ti­ca go­ver­na­ti­va que vi­sa ga­ran­tir a dig­ni­da­de e li­ber­da­de dos se­res hu­ma­nos e ex­tir­par o trá­fi­co de pes­so­as e as no­vas for­mas de es­cra­vi­dão, co­mo o tra­ba­lho for­ça­do, a pros­ti­tui­ção e o trá­fi­co de ór­gãos, dis­se on­tem a se­cre­tá­ria de Es­ta­do pa­ra os Di­rei­tos Hu­ma­nos.

Ao dis­cur­sar na aber­tu­ra do se­mi­ná­rio so­bre Trá­fi­co de Pes­so­as, Cri­an­ças não acom­pa­nha­das e Mi­gran­tes, co-or­ga­ni­za­do com o Es­cri­tó­rio Re­gi­o­nal da Áfri­ca Aus­tral da Or­ga­ni­za­ção In­ter­na­ci­o­nal pa­ra as Mi­gra­ções (OIM), Ana Ce­les­te Ja­nuá­rio ape­lou a uma ac­ção co­lec­ti­va pa­ra a er­ra­di­ca­ção do trá­fi­co de pes­so­as e da cri­mi­na­li­da­de or­ga­ni­za­da.

En­tre os es­for­ços do Exe­cu­ti­vo, Ana Ce­les­te Ja­nuá­rio des­ta­cou a apro­va­ção, em 2014, da Lei so­bre a cri­mi­na­li­za­ção das In­frac­ções sub­ja­cen­tes ao Bran­que­a­men­to de Ca­pi­tais, e que con­tém nor­mas so­bre o trá­fi­co de se­res hu­ma­nos, e a cri­a­ção da Co­mis­são In­ter­mi­nis­te­ri­al de Com­ba­te ao Trá­fi­co de Se­res Hu­ma­nos.

A co­mis­são, fri­sou, tem a mis­são de, me­di­an­te pro­gra­mas abran­gen­tes e in­te­gra­dos, pre­ve­nir e re­pri­mir o trá­fi­co de pes­so­as.

O re­pre­sen­tan­te do sis­te­ma das Na­ções Uni­das em An­go­la, Pa­o­lo Bal­la­del­li, re­co­nhe­ceu os es­for­ços de An­go­la no com­ba­te ao trá­fi­co de pes­so­as e ape­lou à har­mo­ni­za­ção da le­gis­la­ção en­tre os di­fe­ren­tes Es­ta­dos, pa­ra um com­ba­te efi­caz a es­te mal que, dis­se, en­vol­ve mui­tas pes­so­as e vá­ri­os paí­ses.

O em­bai­xa­dor dos Paí­ses Bai­xos em Lu­an­da, Wil­len Aal­mans, de­fen­deu a pro­mo­ção do de­sen­vol­vi­men­to sus­ten­tá­vel das na­ções afri­ca­nas pa­ra evi­tar a mi­gra­ção por ra­zões eco­nó­mi­cas.

O di­plo­ma­ta ma­ni­fes­tou-se a fa­vor da so­li­da­ri­e­da­de en­tre os po­vos, prin­ci­pal­men­te em fa­ses de con­fli­tos, e cri­ti­cou a mor­te de ci­da­dãos em ten­ta­ti­vas de tra­ves­si­as pe­ri­go­sas, co­mo a do mar Me­di­ter­râ­neo, em bus­ca de me­lho­res con­di­ções de vi­da.

Avan­ços

O di­rec­tor re­gi­o­nal pa­ra a Áfri­ca Aus­tral da Or­ga­ni­za­ção In­ter­na­ci­o­nal pa­ra as Mi­gra­ções (OIM), Char­les Kwe­nin, re­co­nhe­ceu que An­go­la tem fei­to um gran­de avan­ço na protecção das ví­ti­mas do trá­fi­co de pes­so­as.

Char­les Kwe­nin fe­li­ci­tou as au­to­ri­da­des an­go­la­nas por uma sé­rie de me­di­das to­ma­das, in­cluin­do a cri­a­ção da Co­mis­são In­ter­mi­nis­te­ri­al de Com­ba­te ao Trá­fi­co de Se­res Hu­ma­nos e ga­ran­tiu apoio téc­ni­co da ONU na ela­bo­ra­ção de um pro­gra­ma abran­gen­te pa­ra dar res­pos­tas mais in­te­gra­das no com­ba­te ao trá­fi­co de pes­so­as.

Pa­ra Char­les Kwe­nin, a res­pos­ta ao fe­nó­me­no re­quer uma co­o­pe­ra­ção for­te e co­or­de­na­ção de es­for­ços en­tre as au­to­ri­da­des po­li­ci­ais, ju­di­ci­ais, so­ci­ais e ser­vi­ços mé­di­cos pa­ra a protecção e re­a­bi­li­ta­ção das ví­ti­mas.

En­tre os es­for­ços do Exe­cu­ti­vo, a se­cre­tá­ria de Es­ta­do des­ta­cou a apro­va­ção, em 2014, da Lei so­bre a cri­mi­na­li­za­ção das in­frac­ções sub­ja­cen­tes ao bran­que­a­men­to de ca­pi­tais, que con­tém nor­mas so­bre o trá­fi­co de se­res hu­ma­nos, e a cri­a­ção da Co­mis­são In­ter­mi­nis­te­ri­al

O re­pre­sen­tan­te re­gi­o­nal da OIM fa­lou da ne­ces­si­da­de de se re­for­çar os ca­nais de diá­lo­go en­tre os go­ver­nos da re­gião pa­ra aju­dar a de­fi­nir me­di­das que con­tri­bu­am pa­ra uma boa ges­tão dos flu­xos re­gi­o­nais.

O res­pon­sá­vel da OIM con­si­de­rou tam­bém es­sen­ci­al a for­ma­ção e ca­pa­ci­ta­ção dos ofi­ci­ais de pri­mei­ra li­nha pa­ra iden­ti­fi­car e apoi­ar mi­gran­tes em si­tu­a­ção de vul­ne­ra­bi­li­da­de

O se­mi­ná­rio, que en­cer­rou on­tem, de­ba­teu te­mas co­mo a protecção e as­sis­tên­cia a mi­gran­tes em si­tu­a­ção de vul­ne­ra­bi­li­da­de e as res­pos­tas do Go­ver­no na ope­ra­ci­o­na­li­za­ção do pla­no na­ci­o­nal pa­ra o com­ba­te ao trá­fi­co de se­res hu­ma­nos. Par­ti­ci­pa­ram no se­mi­ná­rio ma­gis­tra­dos, ad­vo­ga­dos e re­pre­sen­tan­tes dos mi­nis­té­ri­os do In­te­ri­or e da Jus­ti­ça e Di­rei­tos Hu­ma­nos, bem co­mo de or­ga­ni­za­ções da so­ci­e­da­de ci­vil.

EDU­AR­DO PEDRO | EDIÇÕES NO­VEM­BRO

Se­cre­tá­ria de Es­ta­do pa­ra os Di­rei­tos Hu­ma­nos pe­de ac­ção co­lec­ti­va con­tra trá­fi­co

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.