Equa­dor faz vi­gi­lân­cia se­cre­ta a As­san­ge

Jornal de Angola - - MUNDO -

O Go­ver­no do Equa­dor, que deu re­fú­gio a Ju­li­an As­san­ge, mon­tou uma ope­ra­ção pa­ra pro­te­ger, mas tam­bém es­pi­ar, o fun­da­dor do Wikileaks, re­fe­re uma in­ves­ti­ga­ção do jor­nal The Gu­ar­di­an e do 'si­te' Fo­cus Ecu­a­dor.

O aus­tra­li­a­no de 46 anos re­fu­gi­ou-se em Ju­nho de 2012 na Em­bai­xa­da do Equa­dor em Lon­dres, pa­ra não ser ex­tra­di­ta­do pa­ra a Sué­cia, on­de era acu­sa­do de vi­o­la­ção e de agres­são se­xu­al, o que ele ne­ga­va.

Se­gun­do o Gu­ar­di­an, que ci­ta do­cu­men­tos dos ser­vi­ços de in­for­ma­ções equa­to­ri­a­nos, o Go­ver­no de Qui­to mon­tou uma ope­ra­ção com um or­ça­men­to de cin­co mi­lhões de dó­la­res (cer­ca de 4,5 mi­lhões de eu­ros) des­ti­na­da, nu­ma pri­mei­ra fa­se, “a pro­te­ger” e “apoi­ar” As­san­ge, mas que evo­luiu pa­ra uma vi­gi­lân­cia sis­te­má­ti­ca dos seus ac­tos e ges­tos. Pa­ra exe­cu­tar a ope­ra­ção, o Go­ver­no do Equa­dor con­tra­tou uma em­pre­sa in­ter­na­ci­o­nal de se­gu­ran­ça que alu­gou um apar­ta­men­to per­to da em­bai­xa­da, on­de fil­ma­va e mo­ni­to­ri­za­va to­da a ac­ti­vi­da­de na em­bai­xa­da.

DR

Fun­da­dor do por­tal Wikileaks te­me pri­são

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.