JO­SÉ RA­MOS-HOR­TA DE­FEN­DE RE­NO­VA­ÇÃO NA LI­DE­RAN­ÇA DA FRETILIN

Jornal de Angola - - MUNDO -

O lí­der his­tó­ri­co ti­mo­ren­se, Jo­sé Ra­mos-Hor­ta, dis­se on­tem que o se­cre­tá­ri­o­ge­ral da Fretilin, Ma­ri Al­ka­ti­ri, de­ve ini­ci­ar um pro­ces­so de “re­no­va­ção da li­de­ran­ça” do par­ti­do mui­to ra­pi­da­men­te pa­ra bem do par­ti­do e da na­ção.

“A ida­de não per­doa e es­ses anos des­gas­tam-nos pes­so­al e po­li­ti­ca­men­te”, dis­se Ra­mos-Hor­ta em en­tre­vis­ta à Lu­sa. “É al­tu­ra. So­bre­tu­do de­pois de o Pre­si­den­te Lu-Olo ter si­do elei­to, é ur­gen­te que Ma­ri Al­ka­ti­ri li­de­re um pro­ces­so de tran­si­ção que tem de acon­te­cer mui­to ra­pi­da­men­te. É al­tu­ra de pen­sar na re­no­va­ção da li­de­ran­ça”, su­bli­nhou. Ra­mos-Hor­ta fa­lou em jei­to de ba­lan­ço do cur­to man­da­to do VII Go­ver­no cons­ti­tu­ci­o­nal, de que fez par­te co­mo mi­nis­tro de Es­ta­do, de­pois de ter ele pró­prio re­gres­sa­do à mi­li­tân­cia ac­ti­va da Fren­te Re­vo­lu­ci­o­ná­ria de Ti­mor Les­te In­de­pen­den­te (Fretilin). Nas elei­ções le­gis­la­ti­vas an­te­ci­pa­das de 12 de Maio, a Fretilin foi a se­gun­da for­ça po­lí­ti­ca mais vo­ta­da - atrás da Ali­an­ça de Mu­dan­ça pa­ra o Pro­gres­so (AMP), uma co­li­ga­ção de três par­ti­dos, en­ca­be­ça­da por Xa­na­na Gus­mão (CNRT).

DR

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.