Pes­ca­do­res de­sa­pa­re­ci­dos en­con­tra­dos 20 di­as de­pois

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - V. Pra­ta e A. Cos­ta | Na­mi­be

Uma em­bar­ca­ção de pes­ca de pe­que­na di­men­são, de­no­mi­na­da “Ca­va­la”, de­sa­pa­re­ci­da, há mais de 20 di­as, no mar da pro­vín­cia do Na­mi­be, com seis ma­ri­nhei­ros a bor­do, en­tre os quais qua­tro ir­mãos, foi on­tem en­con­tra­da, anun­ci­ou a Te­le­vi­são Pú­bli­ca de An­go­la (TPA).

A em­bar­ca­ção, on­tem en­con­tra­da com to­da a sua tri­pu­la­ção in­tac­ta, saiu do cais de Mo­çâ­me­des a 24 de Maio úl­ti­mo e des­de en­tão foi da­da co­mo de­sa­pa­re­ci­da, mas as au­to­ri­da­des só fo­ram in­for­ma­das 11 di­as de­pois.

Com 8,5 me­tros de com­pri­men­to, cons­truí­da de fi­bra de vi­dro e com ca­pa­ci­da­de pa­ra dez to­ne­la­das, a em­bar­ca­ção tem o seu lo­cal ha­bi­tu­al de pes­ca a zo­na da Pon­ta Al­bi­na, no mu­ni­cí­pio do Tômbwa.

O pro­pri­e­tá­rio da em­bar­ca­ção “Ca­va­la”, Mar­tins Jo­sé, dis­se ao Jor­nal de An­go­la que pa­ra os ar­ma­do­res é nor­mal fi­car até dez di­as no mar, re­fe­rin­do que pas­sa­do es­te pe­río­do, foi to­ma­do pe­la pre­o­cu­pa­ção e in­for­mou de ime­di­a­to às au­to­ri­da­des, no­me­a­da­men­te à Ca­pi­ta­nia, Po­lí­cia Fis­cal, Po­lí­cia de Guar­da Fron­tei­ra e Bom­bei­ros.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.