“O mons­tro es­tá em ce­na” abre tem­po­ra­da da CCDA

Jornal de Angola - - ESPECIAL - Ma­nu­el Al­ba­no

es­tá em ce­na” é um tí­tu­lo bas­tan­te su­ges­ti­vo, mas na­da se pa­re­ce com os fil­mes de ter­ror pro­du­zi­dos em Hollywo­od. É ape­nas o no­me de um es­pec­tá­cu­lo que a Com­pa­nhia de Dan­ça Con­tem­po­râ­nea de An­go­la (CCDA) es­treia ho­je às 19h00, em Lu­an­da, na aber­tu­ra da sua tem­po­ra­da de 2018.

O Camões - Cen­tro Cul­tu­ral Por­tu­guês, na Bai­xa da ci­da­de, foi o lo­cal es­co­lhi­do pa­ra a tem­po­ra­da de se­te es­pec­tá­cu­lo “O mons­tro es­tá em ce­na”, dos co-au­to­res Ana Cla­ra Guer­ra Mar­ques e Nu­no Ricardo de Oliveira de Sou­sa Gui­ma­rães, até ao pró­xi­mo dia 24.

Qu­em se des­co­lar es­ta noi­te ao Camões po­de es­tar em con­tac­to com uma exi­bi­ção re­che­a­da de fi­lo­so­fia, his­tó­ria, po­lí­ti­ca, fal­ta de amor ao pró­xi­mo, di­nâ­mi­cas e trans­mu­ta­ções ob­ser­va­das à “ve­lo­ci­da­de de cru­zei­ro” so­bre o com­por­ta­men­to hu­ma­no na so­ci­e­da­de. O es­pec­tá­cu­lo pro­cu­ra “des­ta­par” pro­ble­mas nas so­ci­e­da­des pa­ra a re­fle­xão dos es­pec­ta­do­res. On­tem, os bai­la­ri­nos exi­bi­ram-se du­ran­te apro­xi­ma­da­men­te 15 mi­nu­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.