PGR en­co­ra­ja for­ma­ção em no­vas tec­no­lo­gi­as

Jornal de Angola - - POLÍTICA - Domingos Mu­cu­ta

O Pro­cu­ra­dor-Ge­ral da Re­pú­bli­ca, Hélder Pitta Grós, en­co­ra­jou no Lu­ban­go, pro­vín­cia da Huí­la, os qua­dros do sec­tor a apos­ta­rem na for­ma­ção, su­pe­ra­ção e ac­tu­a­li­za­ção con­tí­nua de co­nhe­ci­men­tos pa­ra es­ta­rem à al­tu­ra das exi­gên­ci­as ac­tu­ais e do fu­tu­ro.

Du­ran­te uma vi­si­ta de tra­ba­lho de dois di­as à pro­vín­cia da Huí­la, Hélder Pitta Grós aler­tou pa­ra a prá­ti­ca de cri­mes com re­cur­so a no­vas tec­no­lo­gi­as de in­for­ma­ção e co­mu­ni­ca­ção, o que exi­ge mai­or pre­pa­ra­ção dos pro­cu­ra­do­res e efec­ti­vos do Ser­vi­ço de In­ves­ti­ga­ção Cri­mi­nal (SIC) pa­ra li­dar com es­te ti­po de mé­to­dos.

A for­ma­ção e a pro­cu­ra per­ma­nen­te do co­nhe­ci­men­to, sa­li­en­tou, vai per­mi­tir de­fi­nir me­ca­nis­mos di­nâ­mi­cos e ade­qua­dos pa­ra o com­ba­te de cri­mes de cor­rup­ção, bran­que­a­men­tos de ca­pi­tais, di­gi­tais, as­so­ci­a­ção cri­mi­no­sa e ou­tros. Se­gun­do Hélder Pitta Grós, a PGR pre­ci­sa de ter mais ma­gis­tra­dos em to­do o país, pa­ra pre­en­cher va­gas em vá­ri­as es­pe­ci­a­li­da­des.

“A for­ma­ção de­ve ser per­ma­nen­te. Te­mos que nos ac­tu­a­li­zar, ino­var e cri­ar, por­que a cri­mi­na­li­da­de é di­nâ­mi­ca. Te­mos que es­tar à al­tu­ra dos mé­to­dos uti­li­za­dos pe­los mal­fei­to­res pa­ra o co­me­ti­men­to de cri­mes”, de­fen­deu.

Hélder Pitta Grós res­sal­tou que a so­lu­ção do pro­ble­ma da fal­ta de qua­dros do sec­tor é uma das pri­o­ri­da­des da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca, que tam­bém afec­ta o sis­te­ma ju­di­ci­al e o Ser­vi­ço de In­ves­ti­ga­ção Cri­mi­nal.

“Es­ta­mos a de­fi­nir es­tra­té­gi­as pa­ra en­con­trar­mos so­lu­ções mais ob­jec­ti­vas pa­ra o pro­ble­ma da fal­ta de re­cur­sos hu­ma­nos na Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca e nos ór­gãos de apoio ao Mi­nis­té­rio Pú­bli­co, pa­ra ra­pi­da­men­te ul­tra­pas­sar­mos es­ta si­tu­a­ção”, dis­se.

O PGR ex­pli­cou que o Pla­no de De­sen­vol­vi­men­to Ins­ti­tu­ci­o­nal pa­ra os pró­xi­mos cin­co anos es­tá na fa­se fi­nal e vai apre­sen­tar o pa­no­ra­ma ac­tu­al de qua­dros ne­ces­sá­ri­os pa­ra re­for­çar o sec­tor.

A re­for­ma da PGR, se­gun­do o ma­gis­tra­do, con­ti­nua em cur­so, me­di­an­te a aná­li­se e re­fle­xão pro­fun­da e ob­jec­ti­va que vai cul­mi­nar com a me­lho­ria da si­tu­a­ção ac­tu­al. “As re­for­mas não são fei­tas do dia pa­ra a noi­te. São fei­tas de uma for­ma mui­to ob­jec­ti­va e re­flec­ti­da. De­ve­mos ana­li­sar o tra­ba­lho ac­tu­al e sa­ber co­mo adap­tar as con­di­ções exis­ten­tes aos no­vos de­sa­fi­os”, dis­se.

JOSÉ SOARES | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Hélder Pitta Grós quer mais ma­gis­tra­dos qua­li­fi­ca­dos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.