Mo­çam­bi­que quer jun­tar os cre­do­res num só fórum

Jornal de Angola - - ECONOMIA -

Mo­çam­bi­que quer jun­tar to­dos os cre­do­res dos em­prés­ti­mos não de­cla­ra­dos num fórum pa­ra tro­ca de dívidas no pri­mei­ro tri­mes­tre de 2019, dis­se on­tem o mi­nis­tro da Eco­no­mia e Fi­nan­ças, Adri­a­no Ma­lei­a­ne.

“Vai ser ne­ces­sá­rio con­ti­nu­ar a tra­ba­lhar, pa­ra po­der­mos, no prin­cí­pio do pró­xi­mo ano, ir ter com to­dos, num fórum, pa­ra pe­dir a au­to­ri­za­ção ge­ral dos cre­do­res pa­ra a mu­dan­ça dos ins­tru­men­tos” que sus­ten­tam a dí­vi­da, dis­se.

O go­ver­nan­te fa­la­va aos jor­na­lis­tas, em Ma­pu­to, à mar­gem de uma con­fe­rên­cia so­bre a eco­no­mia mo­çam­bi­ca­na or­ga­ni­za­da pe­la pu­bli­ca­ção Fi­nan­ci­al Ti­mes.

Es­se fórum “po­de acon­te­cer no pri­mei­ro tri­mes­tre. Que­re­mos que se­ja o mais pró­xi­mo pos­sí­vel”, acres­cen­tou.

Pa­ra o efei­to, é pre­ci­so fe­char o acor­do pre­li­mi­nar anun­ci­a­do es­ta se­ma­na com qua­tro dos cin­co gru­pos de por­ta­do­res de tí­tu­los da dí­vi­da, ao mes­mo tem­po que de­cor­rem ne­go­ci­a­ções com o Cre­dit Suis­se e o ban­co VTB, lí­de­res da dí­vi­da sin­di­ca­da.Uma equi­pa que apoia o Go­ver­no no dos­si­er da dí­vi­da con­ti­nua a ne­go­ci­ar com os dois ban­cos, sa­li­en­tou Adri­a­no Ma­lei­a­ne, que se re­fu­gi­ou nu­ma cláu­su­la de con­fi­den­ci­a­li­da­de pa­ra não en­trar em de­ta­lhes.

“Nes­te mo­men­to, não pos­so res­pon­der, por­que ca­da gru­po tem as su­as par­ti­cu­la­ri­da­des e ins­tru­men­tos di­fe­ren­tes.”

“Ain­da es­ta­mos a dis­cu­tir e, no pro­ces­so, há sem­pre um acor­do de con­fi­den­ci­a­li­da­de”, dis­se.O go­ver­nan­te com­pro­me­teu-se a fa­zer um anún­cio pú­bli­co quan­do hou­ver acor­do pa­ra a re­es­tru­tu­ra­ção da dí­vi­da sin­di­ca­da no va­lor ori­gi­nal de cer­ca de 1,4 mil mi­lhões de dó­la­res.

Só de­pois de ha­ver acor­do com to­dos os cre­do­res e após o fórum anun­ci­a­do é que a re­es­tru­tu­ra­ção da dí­vi­da es­ta­rá em con­di­ções de pas­sar pe­las ins­ti­tui­ções mo­çam­bi­ca­nas pre­vis­tas “no De­cre­to de Lei 77/2017”, - de­sig­na­da­men­te, Par­la­men­to e Pro­cu­ra­do­ria Ge­ral da Re­pú­bli­ca (PGR), se­gun­do Adri­a­no Ma­lei­a­ne.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.