Jornal de Angola

Mu­seu dos Reis do Kon­go en­cer­ra pa­ra ma­nu­ten­ção

-

O Mu­seu dos Reis do Kon­go, em Mban­za Kon­go, pro­vín­cia do Zai­re, es­tá en­cer­ra­do, des­de on­tem, aos vi­si­tan­tes, pa­ra tra­ba­lhos de ma­nu­ten­ção ge­ral do acer­vo mu­se­o­ló­gi­co, in­for­mou o di­rec­tor da ins­ti­tui­ção à An­gop, Lun­ta­di­la Lun­gua­na.

Os tra­ba­lhos, ex­pli­cou, têm a du­ra­ção de três di­as. O mu­seu vai, pro­va­vel­men­te, re­a­brir as por­tas na se­gun­da­fei­ra, dia 28. Ape­sar de ser uma ac­ti­vi­da­de de ro­ti­na dos mu­seus, dis­se, o pro­ces­so es­tá a ser fei­to na sequên­cia do apa­re­ci­men­to, no in­te­ri­or do edi­fí­cio, de al­guns in­sec­tos não iden­ti­fi­ca­dos, que des­truí­ram, par­ci­al­men­te, du­as pe­ças mu­se­o­ló­gi­cas, um cha­péu e um ta­pe­te que eram usa­dos pe­los so­be­ra­nos do an­ti­go Rei­no do Kon­go.

“Va­mos com­ba­ter es­tas pragas que es­tão a da­ni­fi­car o acer­vo, a mai­o­ria as­sen­te na vi­da e há­bi­tos dos so­be­ra­nos do an­ti­go Rei­no do Kon­go”, es­cla­re­ceu, adi­an­tan­do que as res­tan­tes 94 pe­ças do mu­seu es­tão em per­fei­tas con­di­ções. “Os tra­ba­lhos de ma­nu­ten­ção do acer­vo têm si­do fei­tos re­gu­lar­men­te”.

Pa­ra a re­po­si­ção das du­as pe­ças da­ni­fi­ca­das, fei­tas de rá­fia (fi­bras têx­teis de pal­mei­ras), Lun­ta­di­la Lun­gua­na in­for­mou que a ins­ti­tui­ção pre­ten­de re­cor­rer a ou­tros mu­seus do país, com re­al­ce pa­ra o de An­tro­po­lo­gia, em Lu­an­da, no sen­ti­do de en­con­trar uma so­lu­ção.

“No ca­so do ta­pe­te, po­de­mos re­cor­rer ao mu­seu de An­tro­po­lo­gia, por in­ter­mé­dio da Di­rec­ção Na­ci­o­nal dos Mu­seus pa­ra con­se­guir­mos uma ou­tra pe­ça. Quan­to ao cha­péu, te­mos in­for­ma­ções de que exis­tem na lo­ca­li­da­de do Bem­be, no Uí­ge, ar­te­sões que po­dem fa­zer es­te ti­po de cha­péu, bas­ta le­var­mos pa­ra lá a ima­gem da pe­ça”, ex­pli­cou.

As vi­si­tas de aces­so ao Mu­seu dos Reis do Kon­go re­du­zi­ram de for­ma sig­ni­fi­ca­ti­va du­ran­te o pri­mei­ro se­mes­tre des­te ano, de­vi­do as li­mi­ta­ções im­pos­tas pe­la pan­de­mia da Co­vid19. O di­rec­tor da ins­ti­tui­ção dis­se que nos seis pri­mei­ros me­ses do ano ape­nas du­as mil pes­so­as vi­si­ta­ram o lo­cal, um nú­me­ro abai­xo do es­pe­ra­do se com­pa­ra­do com as seis mil vi­si­tas re­gis­ta­das no mes­mo pe­río­do do ano pas­sa­do.

 ?? GAR­CIA MAYATOKO | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO | MBAN­ZA KON­GO ?? Lo­cal é um dos prin­ci­pais pon­tos de re­fe­rên­cia da His­tó­ria e Cul­tu­ra da re­gião mui­to vi­si­ta­do an­tes do iní­cio da pan­de­mia
GAR­CIA MAYATOKO | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO | MBAN­ZA KON­GO Lo­cal é um dos prin­ci­pais pon­tos de re­fe­rên­cia da His­tó­ria e Cul­tu­ra da re­gião mui­to vi­si­ta­do an­tes do iní­cio da pan­de­mia

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola