Jornal de Angola

Ca­si­mi­ro Ben­to ofi­ci­a­li­za can­di­da­tu­ra à pre­si­dên­cia

Lí­der da Co­mis­são de Ges­tão pro­me­te ti­rar a mo­da­li­da­de do ma­ras­mo ca­so se­ja o pre­fe­ri­do dos as­so­ci­a­dos nas elei­ções

- Jus­ce­li­no da Sil­va

O an­ti­go ju­do­ca, Ca­si­mi­ro Ben­to, ofi­ci­a­li­zou, quin­ta­fei­ra, na se­de do Co­mi­té Pa­ra­lím­pi­co An­go­la­no, a can­di­da­tu­ra ao “ca­dei­rão” má­xi­mo do ór­gão rei­tor da mo­da­li­da­de pa­ra o qua­drié­nio 2020/24.

O ac­to elei­to­ral de­cor­re no pró­xi­mo dia 30, e Ca­si­mi­ro Ben­to dis­pu­ta o lu­gar com dois con­cor­ren­tes, Luís Fe­li­pe, da lis­ta A, e Her­me­ne­gil­do dos San­tos, da B.

De­sen­vol­ver um pro­jec­to de mu­dan­ça or­ga­ni­za­ci­o­nal, até o fi­nal de 2021, que lan­ce as ba­ses pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to da mo­da­li­da­de, a par­tir de 2022, com uma for­ça de tra­ba­lho efi­ci­en­te e mo­ti­va­da, é um dos gran­des de­sa­fi­os do can­di­da­to.

A ou­tra no­vi­da­de que dei­xou sa­tis­fei­tos os as­so­ci­a­dos e aman­tes da mo­da­li­da­de que es­ti­ve­ram na apre­sen­ta­ção é a mu­dan­ça de ins­ta­la­ções da fe­de­ra­ção, uma vez que as ac­tu­ais não ofe­re­cem con­di­ções de tra­ba­lho.

A mas­si­fi­ca­ção nas For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas, Po­lí­cia Na­ci­o­nal, en­tre pes­so­as com de­fi­ci­ên­cia, nas es­co­las e nos clu­bes, bem co­mo apos­tar for­te no­sec­tor­fe­mi­ni­no,tam­bé­fa­zem par­te das li­nhas de for­ça. Ou­tra apos­ta do ban­cá­rio de pro­fis­são é ga­ran­tir mais for­ma­ção aos trei­na­do­res e atle­tas. Em de­cla­ra­ções ao Jor­nal

de An­go­la, Ca­si­mi­ro Ben­to ga­ran­tiu que é pos­sí­vel ti­rar a mo­da­li­da­de do ma­ras­mo, mas pa­ra tal é pre­ci­so mui­to tra­ba­lho e apoi­os de to­dos os as­so­ci­a­dos. “Já ti­nha di­to que não me iria can­di­da­tar, mas al­gu­mas pes­so­as que gos­tam da mo­da­li­da­de pe­di­ram-me, e co­mo amo es­te des­por­to não ti­nha co­mo não acei­tar. Ago­ra vou tra­ba­lhar de for­ma ár­dua pa­ra con­ven­cer o elei­to­ra­do e aju­dar o judo a cres­cer, e a ser de­sen­vol­vi­do quer den­tro quer fo­ra do país. Te­nho um gru­po de tra­ba­lho mui­to for­te e co­e­so, com mui­ta mo­ti­va­ção pa­ra re­ti­rar­mos a mo­da­li­da­de de on­de se en­con­tra”.

Ape­sar da ac­tu­al si­tu­a­ção fi­nan­cei­ra que o país e o des­por­to no ge­ral atra­ves­sam, Ca­si­mi­ro Ben­to anun­ci­ou a cri­a­ção de no­vas in­fra-es­tru­tu­ras e a aber­tu­ra de vá­ri­os nú­cle­os pe­los qua­tro can­tos do país, ca­so se­ja elei­to.

O can­di­da­to da lis­ta (C) mi­ni­mi­zou as de­cla­ra­ções de al­guns as­so­ci­a­dos, que o acu­sa­ram de ter for­ja­do re­sul­ta­dos e des­li­ga­do o sis­te­ma de vi­de­o­con­fe­rên­cia, du­ran­te a As­sem­bleia re­a­li­za­da no pas­sa­do dia 29 de Agos­to.

“Qu­em tem bo­ca é li­vre de di­zer o que quer, e qu­em é inteligent­e sa­be fil­trar o que ou­ve. Ape­sar de a ca­lú­nia e di­fa­ma­ção se­rem cri­mes, pre­fe­ri ge­rir da me­lhor ma­nei­ra. Por­tan­to, é tu­do fal­so o que foi di­to. Não im­pe­ço nin­guém de vo­tar, nun­ca cri­ei ne­nhum ne­po­tis­mo. Na guer­ra pa­ra se ven­cer va­le tu­do. É pe­na que eles fo­ram por es­te ca­mi­nho, quan­do se de­vi­am pre­o­cu­par em fa­zer cam­pa­nha, apre­sen­tar pro­gra­mas, co­mo es­ta­mos a fa­zer ho­je “, dis­se.

Pa­ra re­a­li­zar a cam­pa­nha elei­to­ral, Ca­si­mi­ro Ben­to as­se­gu­rou que já tem ga­ran­ti­dos apoi­os e in­cen­ti­vos . O mes­mo apoio de­ve-se es­ten­der até o fi­nal do man­da­to, ca­so se­ja elei­to.

Exér­ci­to, ZAP, Ban­co Eco­nó­mi­co, SB Su­ple­men­tos, bem co­mo a As­so­ci­a­ção de Ad­vo­ga­dos de An­go­la Egas Vi­e­gas, que irá dar for­ma­ção e pa­les­tras com o ob­jec­ti­vo de cla­ri­fi­car co­nhe­ci­men­tos so­bre as leis que re­gem a mo­da­li­da­de, já con­fir­ma­ram os apoi­os ao an­ti­go atle­ta. Re­fri­an­go e Uni­tel po­dem jun­tar-se nos pró­xi­mos di­as.

 ?? | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO ?? An­ti­go ju­do­ca anun­cia no­vos ru­mos pa­ra a mo­da­li­da­de
| EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO An­ti­go ju­do­ca anun­cia no­vos ru­mos pa­ra a mo­da­li­da­de

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola