Zo­nas com ener­gia au­men­tam no Zai­re

Em­pre­sa Na­ci­o­nal de Dis­tri­bui­ção de Elec­tri­ci­da­de (ENDE) in­di­ca que o nú­me­ro de con­su­mi­do­res a ní­vel da pro­vín­cia es­tá a crescer

Jornal de Economia & Financas - - Infra-Estrutura -

Um uni­ver­so de 42.884 ha­bi­tan­tes dos mu­ni­cí­pi­os de Mban­za Kon­go, Soyo e Nze­to, pro­vín­cia do Zai­re, já con­so­me ener­gia eléc­tri­ca da re­de na­ci­o­nal pro­du­zi­da pe­la bar­ra­gem de Cam­bam­be, no Cu­an­za Nor­te, no âm­bi­to do pro­jec­to de elec­tri­fi­ca­ção da re­gião im­ple­men­ta­do pe­lo Exe­cu­ti­vo angolano.

Se­gun­do a An­gop, do to­tal de con­su­mi­do­res, de acor­do com o di­rec­tor da Em­pre­sa Na­ci­o­nal de Dis­tri­bui­ção de Elec­tri­ci­da­de (ENDE) no Zai­re, Pedro Es­tê­vão, cin­co mil 840 são do mu­ni­cí­pio do Nze­to, 14 mil 704 no Soyo e 22 mil e 300 em Mban­za Kon­go.

O nú­me­ro de con­su­mi­do­res já be­ne­fi­ci­a­dos, equivale a 10 mil e 711 ligações domiciliares, se­gun­do o res­pon­sá­vel da Ende na pro­vín­cia, em de­cla­ra­ções à An­gop.

Elec­tri­fi­ca­ção

Os mu­ni­cí­pi­os de Mban­za Kon­go e Soyo dis­põem de uma po­tên­cia de 32 me­gawatts ca­da e 16 pa­ra o Nze­to, es­te úl­ti­mo es­tá a con­su­mir ape­nas 1.5 des­ta po­tên­cia.

A ca­pi­tal de Mban­za Kon­go e Soyo es­tão a con­su­mir do to­tal dis­po­ní­vel, se­te e cin­co me­gawatts, res­pec­ti­va­men­te.

Se­gun­do o res­pon­sá­vel, es­tão dis­po­ní­veis nos re­fe­ri­dos mu­ni­cí­pi­os, su­bes­ta­ções eléc­tri­cas, com a po­tên­cia que va­ria en­tre 400 e 15 Kvas.

A su­bes­ta­ção do Nze­to, por exem­plo, in­ter­li­ga du­as li­nhas de trans­mis­são de 400 KVA, que par­tem de Ka­pa­ri (Lu­an­da), até ao mu­ni­cí­pio do Soyo, in­se­ri­das tam­bém no pro­jec­to da Cen­tral do Ci­clo Com­bi­na­do a Gás do Soyo, que te­rá uma po­tên­cia ins­ta­la­da de 750 me­gawatts, nu­ma pri­mei­ra fa­se.

Ac­tu­al­men­te, a elec­tri­fi­ca­ção da pro­vín­cia do Zai­re ini­ci­a­da em 2016 pros­se­gue, po­den­do, nos pró­xi­mos me­ses con­tem­plar os mu­ni­cí­pi­os do Cuim­ba, Tom­bo­co e Nó­qui.

Com uma ex­ten­são de 40.130 qui­ló­me­tros qua­dra­dos, a pro­vín­cia do Zai­re tem uma po­pu­la­ção es­ti­ma­da em 594 mil 428 ha­bi­tan­tes, dis­tri­buí­dos pe­los mu­ni­cí­pi­os de Mban­za Kon­go, Soyo, Cuim­ba, Tom­bo­co, Nze­to e Nó­qui.

Pro­jec­to es­tra­té­gi­co

No qua­dro da sua po­lí­ti­ca ener­gé­ti­ca, o Exe­cu­ti­vo angolano pro­jec­tou a con­tro­ção do Ci­clo Com­bi­na­do do Soyo, que en­tre os inú­me­ros be­ne­fí­ci­os abran­gem tan­to a po­pu­la­ção do meio ru­ral, co­mo do meio ur­ba­no, des­de a pro­vín­cia do Zai­re, on­de se in­se­re o pro­jec­to, es­ten­den­do-se a to­do o ter­ri­tó­rio na­ci­o­nal, com par­ti­cu­lar des­ta­que pa­ra as pro­vín­ci­as do sis­te­ma Nor­te, Lu­an­da, Ben­go, Cu­an­za Nor­te, Cu­an­za Sul, Uí­ge, Ma­lan­je e Zai­re.

O NÚ­ME­RO DE CON­SU­MI­DO­RES JÁ BE­NE­FI­CI­A­DOS, EQUIVALE A 10 MIL E 711 LIGAÇÕES DOMICILIARES

VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Pro­gra­ma do Mi­nis­té­rio da Ener­gia e Águas pre­vê a in­ter­li­ga­ção dos vá­ri­os sis­te­mas pa­ra ga­ran­tir a in­dus­tri­a­li­za­ção do país

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.