Ele­va­do cus­to in­vi­a­bi­li­za ex­plo­ra­ção em Kas­sin­ga

An­go­la pre­via ex­plo­rar em mé­dia 1,8 milhões de to­ne­la­das/ano con­tra os cer­ca de 5,5 milhões an­tes da In­de­pen­dên­cia Na­ci­o­nal

Jornal de Economia & Financas - - Primeira Página - An­tó­nio Eu­gé­nio

An­go­la pre­via ex­trair a par­tir do ano pas­sa­do uma mé­dia anu­al de 1,8 milhões de to­ne­la­das de fer­ro se­cun­dá­rio, na lo­ca­li­da­de da Jam­ba, na pro­vín­cia da Huila, in­se­ri­do no Pro­jec­to Mi­nei­ro-Si­de­rur­gi­co de Kas­sin­ga(PMSG).

Con­tu­do, as di­fi­cul­da­des fi­nan­cei­ras que o país atra­ves­sa di­ta­ram um re­vés nos níveis de pro­du­ção, mui­to aquém do pre­vis­to.

Se­gun­do um do­cu­men­to do Mi­nis­té­rio dos Re­cur­sos Mi­ne­rais e Pe­tró­le­os a que o JE te­ve aces­so, a pa­ra­li­sa­ção du­ran­te lon­go pe­río­do, ape­nas em 2010, a pro­du­ção a te­ve iní­cio, a car­go da Em­pre­sa Na­ci­o­nal de Fer­ro de An­go­la ( Fer­ran­gol).

Lon­ge de igua­lar ou su­pe­rar os níveis pro­du­ti­vos do fer­ro, an­tes da In­de­pen­dên­cia Na­ci­o­nal, on­de se atin­gia cer­ca de 5,5 milhões de to­ne­la­das por ano.

Pro­du­ção quer re­nas­cer

O rei­ní­cio da ex­plo­ra­ção de fer­ro na lo­ca­li­da­de de Kas­sin­ga, ocor­reu após a apro­va­ção do pro­gra­ma de de­sen­vol­vi­men­to mi­nei­ro de Kas­sin­ga ( Huí­la) e Cas­sa­la-Qui­lun­go (Cu­an­za Nor­te).

O Mi­nis­té­rio dos Re­cur­sos Mi­ne­rais e Pe­tró­le­os sub­me­teu a re­vi­são do pro­jec­to du­ran­te seis anos, que ter­mi­nou com a ex­tin­ção da em­pre­sa An­go­la Ex­plo­ra­ti­on Mi­ning Res­sour­ces (AEMR), que era na al­tu­ra, o con­sór­cio e res­pon­dia pe­las ope­ra­ções de pros­pec­ção, com­par­ti­ci­pa­do pe­lo Go­ver­no, por in­ter­mê­dio da Fer­ran­gol, em par­ce­ria com ou­tras empresas pri­va­das.

Uma ou­tra re­vi­são cul­mi­nou com a apro­va­ção, em De­zem­bro do ano pas­sa­do, de um no­vo fi­gu­ri­no para a sua con­du­ção, com aten­ções vi­ra­das para a se­pa­ra­ção de Kas­sin­ga e Cas­sa­la-Qui­tun­go.

Nes­te úl­ti­mo se­rão de­sen­vol­vi­dos três projectos de pros­pec­ção de fer­ro, man­ga­nês e ou­ro.

O pro­jec­to de Kas­sin­ga in­ci­di­rá a cur­to, mé­dio e lon­go pra­zo. Na pri­mei­ra fa­se, as pre­vi­sões apon­tam para um vo­lu­me de 1,8 milhões de to­ne­la­das anu­ais de con­cen­tra­do de mi­né­rio de fer­ro.

Está pre­vis­ta a en­tra­da em ope­ra­ção do ja­zi­go de Ca­te­ru­ca, na Jam­ba, con­si­de­ra­do um po­ten­ci­al de reservas pro­va­das de 400 milhões de mi­né­rio de fer­ro.

Com os es­tu­dos de vi­a­bi­li­da­de que po­dem ter­mi­nar da­qui há dois anos, as pro­jec­ções de ex­plo­ra­ção da mi­na vão para um vo­lu­me anu­al de 10 milhões de to­ne­la­das de pe­le­tes.

Qua­li­da­de e preços de re­fe­rên­cia

Se­gun­do o do­cu­men­to, o pre­ço de re­fe­rên­cia de uma to­ne­la­da de mi­né­rio com o te­or de fer­ro de 62 por cen­to, co­lo­ca­do num por­to, su­man­do o cus­to do imposto e fre­te, o pro­du­to che­ga a cus­tar 62 dó­la­res.

Até aos 35 por cen­to, a qua­li­da­de do fer­ro é con­si­de­ra­da baixa, em­bo­ra pos­sa ser co­mer­ci­a­li­za­do des­de que sub­me­ti­do a um tra­ta­men­to ade­qua­do e mais exi­gen­te. Com um te­or de 40 por cen­to, o pro­du­to é con­si­de­ra­do de mé­dia qua­li­da­de.

Os preços pra­ti­ca­dos no mercado in­ter­na­ci­o­nal de mi­né­rio de fer­ro, o país po­de ar­re­ca­dar anu­al­men­te mais de 111 milhões de dó­la­res.

Com o re­lan­ça­men­to da ex­plo­ra­ção do fer­ro em Kas­sin­ga, o do­cu­men­to apon­ta que po­de-se ge­rar em mé­dia, cer­ca de 800 em­pre­gos di­rec­tos.

A pros­pec­ção e son­da­gens ge­o­ló­gi­cas para a des­co­ber­ta de fer­ro, não se li­mi­ta­ram ao mu­ni­cí­pio da Jam­ba (Huí­la). A ini­ci­a­ti­va go­ver­na­men­tal pre­vê a re­gião do Cas­sa­la-Qui­tun­go (Cu­an­za Nor­te), on­de exis­tem re­cur­sos cal­cu­la­dos em 270 milhões de to­ne­la­das.

A pros­pec­ção do aço se­rá ou­tra me­ta a atin­gir pe­lo Mi­nis­té­rio de tu­te­la , atra­vés de agen­tes pri­va­dos na co­mu­na do Cu­ta­to (Cu­an­do Cu­ban­go), pro­jec­to mi­nei­ro-si­de­rúr­gi­co a ser im­ple­men­ta­do pe­la com­pa­nhia si­de­rúr­gi­ca do Cu­chi.

EDIÇÕES NO­VEM­BRO

Com o re­lan­ça­men­to da ex­plo­ra­ção do fer­ro em Cas­sin­ga po­de-se ge­rar em mé­dia cer­ca de 800 em­pre­gos di­rec­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.