Imo­ges­tin des­men­te ven­das

A gestora imo­bi­liá­ria re­a­giu a in­for­ma­ções que cir­cu­lam nas re­des so­ci­ais sobre a aber­tu­ra da co­mer­ci­a­li­za­ção de re­si­dên­ci­as na cen­tra­li­da­de do Lo­bi­to

Jornal de Economia & Financas - - Empresas -

A Imo­ges­tin in­for­mou ser fal­so o do­cu­men­to pos­to a cir­cu­lar nas re­des so­ci­ais sobre o iní­cio de ven­das de ca­sas na cen­tra­li­da­de do Lo­bi­to, pro­vín­cia de Benguela, por es­ta imo­bi­liá­ria.

De acor­do com uma no­ta en­vi­a­da es­ta se­ma­na à An­gop, é fal­so o su­pos­to do­cu­men­to nº 06/18, ale­ga­da­men­te emi­ti­do pe­la Imo­ges­tin e que tem o lo­gó­ti­po da em­pre­sa, as­sim co­mo o ca­rim­bo usa­do nes­ta ins­ti­tui­ção.

Tal do­cu­men­to in­di­ca que o iní­cio de ven­da de ca­sas de­cor­re­ria de 01 a 10 de Abril des­te ano.

“O do­cu­men­to em re­fe­rên­cia é fal­so, pe­lo que des­men­ti­mos ca­te­go­ri­ca­men­te o iní­cio das ven­das ou qual­quer ou­tro pro­jec­to ha­bi­ta­ci­o­nal do Es­ta­do sob nos­sa ges­tão”, lê-se na no­ta ofi­ci­al da imo­bi­liá­ria.

A Imo­ges­tin re­fe­re que a co­mer­ci­a­li­za­ção de ha­bi­ta­ções dos projectos ha­bi­ta­ci­o­nais do Es­ta­do na ven­da li­vre ao pú­bli­co é fei­ta por in­ter­mé­dio do seu por­tal de can­di­da­tu­ras (www.imo­can­di­da­tu­ras.co.ao).

O iní­cio da co­mer­ci­a­li­za­ção, na mo­da­li­da­de acima re­fe­ri­da, se­rá fei­to tão lo­go ha­ja con­di­ções pa­ra o efei­to, vis­to que a imo­bi­liá­ria fa­rá a co­mu­ni­ca­ção atra­vés dos ór­gãos de co­mu­ni­ca­ção so­ci­al.

A Imo­ges­tin é uma em­pre­sa de­di­ca­da ao ne­gó­cio da pro­mo­ção, me­di­a­ção e ges­tão de em­pre­en­di­men­tos imo­bi­liá­ri­os, com­pro­me­ti­da com a sus­ten­ta­bi­li­da­de dos projectos e a for­ma co­mo es­tes im­pac­tam a vi­da dos cli­en­tes e das co­mu­ni­da­des on­de a em­pre­sa tra­ba­lha. No do­mí­nio dos ser­vi­ços de me­di­a­ção imo­bi­liá­ria, a Imo­ges­tin, por in­ter­mé­dio do Fun­do de Ac­ti­vos pa­ra o De­sen­vol­vi­men­to Ha­bi­ta­ci­o­nal (FADEH), es­tá en­vol­vi­da nos Projectos Ha­bi­ta­ci­o­nais do Es­ta­do, no­me­a­da­men­te o Nova Vi­da e as cen­tra­li­da­des. Re­la­ti­va­men­te à pro­mo­ção imo­bi­liá­ria, a em­pre­sa tem uma car­tei­ra de projectos detidos ex­clu­si­va­men­te pe­la so­ci­e­da­de, os projectos pró­pri­os, e ou­tras par­ce­ri­as com ou­tros investidores par­cei­ros, os projectos par­ti­ci­pa­dos.

EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Ca­sas na cen­tra­li­da­de do Lo­bi­to em Benguela sem da­ta de co­mer­ci­a­li­za­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.