MEM­BRO OB­SER­VA­DOR

Jornal de Economia & Financas - - Destaque -

Do pon­to de vis­ta dos pres­su­pos­tos pa­ra ser mem­bro, An­go­la não se acha ha­bi­li­ta­da, pe­lo fac­to de não ter a lín­gua In­gle­sa co­mo lín­gua ofi­ci­al, nem ser ex-co­ló­nia In­gle­sa. To­da­via, ela po­de ser acei­te co­mo mem­bro ob­ser­va­dor, ini­ci­al­men­te, an­tes de pro­ce­der à vin­cu­la­ção de­fi­ni­ti­va, sen­do que uma das pre­mis­sas bá­si­cas é que An­go­la re­ce­ba vo­to fa­vo­rá­vel dos ou­tros Es­ta­dos Mem­bros e co­mun­gue dos va­lo­res de­fen­di­dos na co­mu­ni­da­de, co­mo os di­rei­tos hu­ma­nos e boa go­ver­na­ção. Ao se con­cre­ti­zar a in­te­gra­ção, An­go­la se cons­ti­tui­rá no se­gun­do país lu­só­fo­no a fa­zê-lo, de­pois de Mo­çam­bi­que que ade­riu à co­mu­ni­da­de no ano de 1995, por ra­zões si­mi­la­res e ga­nhos vi­sí­veis, uma vez que tem be­ne­fi­ci­a­do dos pro­gra­mas de de­sen­vol­vi­men­to, e apro­vei­ta­do os gran­des fó­runs or­ga­ni­za­dos pe­la Commonwealth, re­ti­ran­do van­ta­gens pro­por­ci­o­nais.

DR

Vis­ta par­ci­al da ci­da­de de Ma­pu­to ca­pi­tal da Re­pú­bli­ca de Mo­çam­bi­que

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.