PLANAGEO VAI ES­TAR CON­CLUÍ­DO EM 2020

Jornal de Economia & Financas - - Mercados -

O le­van­ta­men­to ge­o­ló­gi­co que es­tá a ser efec­tu­a­do pe­lo Pla­no Na­ci­o­nal de Ge­o­lo­gia (PLANAGEO) de­ve­rá es­tar con­cluí­do em 2020 e, nes­te pe­río­do, os in­ves­ti­do­res na­ci­o­nais ou es­tran­gei­ros te­rão ao seu dis­por in­for­ma­ções e ma­pas su­fi­ci­en­tes pa­ra fa­ci­li­tar as es­co­lhas das áre­as on­de in­ves­tir.

Na pers­pec­ti­va do Mi­nis­té­rio dos Re­cur­sos Mi­ne­rais e Pe­tró­le­os, atra­vés do Planageo, não se vai ter a to­ta­li­da­de do le­van­ta­men­to da ri­que­za, mas os da­dos se­rão mais pró­xi­mos à re­a­li­da­de e se­rá de gran­de-va­lia pa­ra o país.

“Os re­sul­ta­dos do Pla­no Na­ci­o­nal de Ge­o­lo­gia (Planageo) vão­per­mi­tir que mais zo­nas se­jam ex­plo­ra­das”.

O mi­nis­tro Di­a­man­ti­no Aze­ve­don as­se­gu­rou que os atra­sos ob­ser­va­dos na con­clu­são do Planageo de­veu-se aos pro­ble­mas com fi­nan­ci­a­men­tos aos es­tu­dos, mas que, nes­te mo­men­to, o mes­mo es­tá em cur­so e vai jun­to dos in­ves­ti­do­res dis­po­ni­bi­li­zar com mai­or ri­gor as in­for­ma­ções so­bre on­de me­lhor ori­en­tar os in­ves­ti­men­tos.

Es­ti­ma-se em 40,5 mil mi­lhões de kwan­zas o in­ves­ti­men­to glo­bal pa­ra a im­ple­men­ta­ção do Plan­geo, ten­do, até en­tão, co­mo par­cei­ros o Ins­ti­tu­to Ge­o­ló­gi­co Mi­nei­ro de Es­pa­nha e o La­bo­ra­tó­rio Na­ci­o­nal de Ener­gia e Ge­o­lo­gia de Por­tu­gal.

No en­tan­to, era pre­vi­são do mi­nis­té­rio, no an­te­ri­or Go­ver­no, a cri­a­ção de um Fun­do pa­ra as­se­gu­rar uma mai­or par­ti­ci­pa­ção de em­pre­sá­ri­os an­go­la­nos no in­ves­ti­men­to mi­nei­ro. Com es­sa me­di­da, pre­via-se uma par­ti­ci­pa­ção mais ac­ti­va dos na­ci­o­nais num pro­gra­ma de in­te­res­se mun­di­al.

MIQUEIAS MACHANGONGO | EDIÇÕES NO­VEM­BRO

Mi­nis­tro Di­a­man­ti­no Aze­ve­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.