TÉC­NI­COS BÁ­SI­COS E MÉ­DI­OS EM MAI­O­RIA NOS PE­TRÓ­LE­OS

Jornal de Economia & Financas - - Mercados -

O Inst­tiu­to Na­ci­o­nal de Pe­tró­le­os (INP), lo­ca­li­za­do no Sum­be, pro­vín­cia do Cu­an­za Sul, não vai ser trans­for­ma­do em Ins­ti­tu­to Su­pe­ri­or. Des­sa ga­ran­tia da­da pe­lo mi­nis­tro Di­a­man­ti­no Aze­ve­do fi­cou tam­bém a men­sa­gem de que no sec­tor pe­tro­lí­fe­ro, so­bre­tu­do, há mais ne­ces­si­da­de de téc­ni­cos de ní­vel bá­si­co e mé­dio do que su­pe­ri­or.

O mi­nis­tro da tu­te­la dis­se que pa­ra 15 téc­ni­cos bá­si­cos são pre­ci­sos cin­co (5) de ní­vel mé­dio e só um (1) com o su­pe­ri­or, ra­zão pe­la qual sem dei­xar de apos­tar na for­ma­ção em ní­veis de li­cen­ci­a­tu­ra e dou­to­ra­men­to, o sub­sec­tor dos pe­tró­le­os con­ti­nu­a­rá a sua apos­ta no apa­re­ci­men­to de téc­ni­cos for­ma­dos no INP sem dei­xar o ri­gor e os cri­té­ri­os de qua­li­fi­ca­ção e so­fis­ti­ca­ção em ma­té­ri­as for­ma­ti­vas.

Por is­so, se­gun­do se dis­se, e no qua­dro do pre­vis­to no Pla­no Na­ci­o­nal de For­ma­ção de Qua­dros, “o sec­tor de re­cur­sos mi­ne­rais e pe­tró­le­os não vai in­ver­ter a pi­râ­mi­de, man­ten­do a sua apos­ta na ca­pa­ci­ta­ção dos qua­dros mé­di­os sem dei­xar de in­ves­tir no sur­gi­men­to, em bre­ve, do Ins­ti­tu­to Su­pe­ri­or, já em cons­tru­ção nu­ma área ad­ja­cen­te ao INP. Jun­tas, as ins­ti­tui­ções vão tro­car si­ner­gia e ga­ran­tir mai­or in­te­rac­ção”.

EDIÇÕES NO­VEM­BRO

O Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal de Pe­tró­le­os (INP) é re­fe­rên­cia da Sadc

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.