FAO cria 226 es­co­las de cam­po na pro­vín­cia

A ini­ci­a­ti­va es­tá a ser de­sen­vol­vi­da pe­lo pro­jec­to “Mo­sap II” des­de o ano de 2017

Jornal de Economia & Financas - - Agricultura -

Du­zen­tas e 26 es­co­las de cam­po fo­ram cri­a­das em 2017, na pro­vín­cia do Bié, pe­la Or­ga­ni­za­ção das Na­ções Uni­das pa­ra Ali­men­ta­ção e Agricultura (FAO), pa­ra a for­ma­ção de cam­po­ne­ses. As es­co­las de cam­po for­mam es­sen­ci­al­men­te cam­po­ne­ses afec­tos ao pro­jec­to “Mo­sap II” com a in­ten­ção de au­men­tar os ní­veis de pro­du­ção, dis­se à An­gop o co­or­de­na­dor pro­vin­ci­al da FAO no Bié, Fi­guei­re­do Lou­ren­ço, quan­do fa­zia o balanço das ac­ti­vi­da­des de­sen­vol­vi­das pe­la ins­ti­tui­ção em 2017. Nes­te mo­men­to, o pro­jec­to be­ne­fi­cia cam­po­ne­ses de 29 co­mu­nas dos mu­ni­cí­pi­os do Chin­guar, An­du­lo, Ca­ma­cu­pa, Ca­ta­bo­la, Cui­to, Chi­tem­bo e Nha­rea, com ex­cep­ção do Cu­em­ba e Cu­nhin­ga.

Mais apoi­os

O Mo­sap II apoia os cam­po­ne­ses com im­puts agrí­co­las, ga­do de trac­ção ani­mal, se­me­a­do­res, se­men­tes, char­ru­as e fer­ti­li­zan­tes. Mo­sap é uma or­ga­ni­za­ção cri­a­da e co-fi­nan­ci­a­da pe­lo Mi­nis­té­rio da Agricultura e Flo­res­tas e o Ban­co Mun­di­al, e con­ta com a com­par­ti­ci­pa­ção dos cam­po­ne­ses. Mais de 30 mil fa­mí­li­as camponesas são as­sis­ti­das pe­la or­ga­ni­za­ção na pro­vín­cia do Bié. A im­ple­men­ta­ção do Mo­sap I no Bié per­mi­tiu apoi­ar 31 téc­ni­cos da Es­ta­ção de De­sen­vol­vi­men­to Agrá­rio (EDA) e a for­ma­ção de 162 as­so­ci­a­ções em li­de­ran­ça e or­ga­ni­za­ção co­mu­ni­tá­ria. Fo­ram ain­da for­ma­das 74 as­so­ci­a­ções em agro­téc­ni­ca nas cul­tu­ras de mi­lho, fei­jão e ba­ta­ta-re­na, 61 fa­ci­li­ta­do­res for­ma­dos em me­to­do­lo­gi­as de es­co­la de cam­po, for­ma­ção de 17 al­fa­be­ti­za­do­res e 29 co­o­pe­ra­ti­vas agrí­co­las. Con­tri­buiu ain­da pa­ra o fi­nan­ci­a­men­to de 88 sub-pro­jec­tos, sen­do 33 de me­ca­ni­za­ção e 30 de trac­ção ani­mal, 25 mo­a­gens e 137 to­ne­la­das de fer­ti­li­zan­tes, que beneficiaram qua­tro mil 342 pe­que­nos pro­du­to­res.

Cam­po­ne­ses

No Bié, a União Na­ci­o­nal das Con­fe­de­ra­ções e As­so­ci­a­ções de Cam­po­ne­ses de An­go­la (UNACA) tem re­gis­ta­do 335 as­so­ci­a­ções de cam­po­ne­ses e 55 co­o­pe­ra­ti­vas. Com uma po­pu­la­ção es­ti­ma­da em um mi­lhão 455 mil 255 ha­bi­tan­tes, a po­pu­la­ção da pro­vín­cia do Bié de­di­ca-se ao cul­ti­vo de mi­lho, fei­jão, ba­ta­ta-do­ce, ba­ta­ta-re­na, man­di­o­ca, fru­tas e hor­ta­li­ças di­ver­sas.

MAIS DE 30 MIL FA­MÍ­LI­AS CAMPONESAS SÃO AS­SIS­TI­DAS PE­LA OR­GA­NI­ZA­ÇÃO A NÍ­VEL DA PRO­VÍN­CIA DO BIÉ

KINDALA MA­NU­EL | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

A po­pu­la­ção do Bié tem na agricultura uma das su­as prin­ci­pais ac­ti­vi­da­des

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.