Di­plo­ma­cia pos­ta em li­vro

Jornal de Economia & Financas - - Lazer -

Aco­mu­ni­da­de di­plo­má­ti­ca an­go­la­na e so­bre­tu­do os es­tu­dan­tes do cur­so de Re­la­ções In­ter­na­ci­o­nais do país e não só, te­rão, a par­tir de ho­je, 14 de Se­tem­bro, mais um ins­tru­men­to bi­bli­o­grá­fi­co de consulta.

Tra­ta-se da pu­bli­ca­ção, no Cen­tro de Im­pren­sa “Aní­bal de Melo”, em Lu­an­da, do li­vro de au­to­ria do jornalista e diplomata, António dos San­tos Nas­ci­men­to in­ti­tu­la­do “Ava­li­a­ção da In­fluên­cia da Di­plo­ma­cia An­go­la­na na Áfri­ca Aus­tral”.

Com 92 pá­gi­nas, a pri­mei­ra pu­bli­ca­ção do tam­bém Adi­do de Im­pren­sa de An­go­la em Ge­ne­bra, Suí­ça, en­fa­ti­za o prin­cí­pio da so­be­ra­nia es­ta­be­le­ci­do pe­la Lei Cons­ti­tu­ci­o­nal da Re­pú­bli­ca de An­go­la, bem co­mo os Re­gi­men­tos Ju­rí­di­cos Fun­da­men­tais e Ob­jec­ti­vos Es­tra­té­gi­cos da Ba­se Ge­ral da Po­lí­ti­ca Ex­ter­na de An­go­la.

Adi­ci­o­nal­men­te, os con­fli­tos no Sul de Áfri­ca de 1975 a 2002, e os es­for­ços di­plo­má­ti­cos an­go­la­nos que re­sul­ta­ram na assinatura de vá­ri­os acor­dos pa­ra a con­quis­ta da paz, reconciliação na­ci­o­nal e a es­ta­bi­li­da­de re­gi­o­nal tam­bém são abor­da­dos na obra do diplomata.

Fi­nal­men­te, o li­vro faz uma in­cur­são crí­ti­ca da ati­tu­de po­lí­ti­ca de An­go­la nos paí­ses vi­zi­nhos, bem co­mo a sua in­te­ra­ção com as or­ga­ni­za­ções re­gi­o­nais afri­ca­nas, co­mo a SADC, a União Afri­ca­na, a Co­mis­são do Gol­fo da Guiné (CGG), o COMESA e a Co­mu­ni­da­de Eco­nó­mi­ca dos Es­ta­dos da Áfri­ca Cen­tral (CEEAC).

Ava­li­a­ção da In­fluên­cia da Di­plo­ma­cia An­go­la­na na Áfri­ca Aus­tral Os con­fli­tos no Sul do con­ti­nen­te de 1975 a 2000 es­tão tam­bém re­tra­ta­dos na obra.Pá­gi­nas 92

Au­tor da obra António Nas­ci­men­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.