Pre­ço do lei­te em pó ins­tá­vel

Con­tra os 4.392 kwan­zas na mai­o­ria dos supermercados pa­ra a la­ta de 1,8 qui­lo­gra­mas há qu­em co­bre pe­la mes­ma quan­ti­da­de 7.275 sem con­tu­do ser vi­sí­vel a es­cas­sez do pro­du­to que es­tá ex­pos­to nas pra­te­lei­ras

Jornal de Economia & Financas - - Finanças - Yo­la do Car­mo

Olei­te é dos pro­du­tos de ele­va­do con­su­mo, so­bre­tu­do na fa­se in­ci­al e ado­les­cen­te. Os adul­tos to­mam-no sem­pre co­mo re­for­ço e em so­cor­ro à fal­ta de ou­tros ali­men­tos com os mes­mos nu­tri­en­tes e va­lor ener­gé­ti­co.

De um tem­po a es­ta par­te, tam­bém com a ca­da vez mai­or ofer­ta do lei­te em liquí­do (UHT), sen­tiu-se a uma acen­tu­a­da es­ta­bi­li­da­de no aces­so ao pro­du­to.

To­da­via, nes­tes úl­ti­mos di­as, há uma vi­sí­vel re­du­ção na ofer­ta do lei­te em pó da mar­ca Ni­do, pro­du­to da Nes­tlé. O re­sul­ta­do é uma va­ri­a­ção no pre­ço de ven­da, que, con­for­me se vê no qua­dro ao la­do, nos tra­di­ci­o­nais cin­co (5) supermercados de le­van­ta­men­to dos pre­ços a va­ri­a­ção é de 4.392 kwan­zas, o mais bai­xo, pa­ra os 4.999, o mais al­to. A ver­da­de é que es­te ce­ná­rio nal­guns ope­ra­do­res que tam­bém vi­si­ta­mos na cen­tra­li­da­de do Ki­lam­ba, o lei­te Ni­do de 1,8 kg es­tá a ser ven­di­do a 7,275 kwan­zas e nou­tros 5.500. So­bre os lei­tes UHT, de­pois da ma­ka dos pro­du­tos con­tra­fei­tos, que não se pro­vou da mar­ca Mi­mo­sa, as­sis­te-se que há um cer­to ele­var do pre­ço de ou­tras mar­cas, que va­ri­am en­tre os kz 350 e 500 pe­lo li­tro.

CONTREIRAS PI­PA | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Con­su­mi­do­res pre­o­cu­pa­dos com uma even­tu­al fal­ta do lei­te em pó Ni­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.