Ku­a­gi­ca pro­me­te vi­tó­ria no dér­bi

1º de Agos­to vai ten­tar ob­ter di­an­te do Pro­gres­so o sex­to triun­fo se­gui­do no Girabola

Jornal dos Desportos - - FUTEBOL - BETUMELEANOFERRÃO

Asé­rie de vi­tó­ri­as con­se­cu­ti­vas do 1 º de Agos­to no cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal, au­men­tou a con­fi­an­ça com­pe­ti­ti­va do seu plan­tel e au­to- es­ti­ma, enal­te­ceu on­tem, o de­fe­sa cen­tral Ku­a­gi­ca e pro­me­te uma equi­pa com a mes­ma pos­tu­ra na re­cep­ção ao Pro­gres­so Sambizanga, ama­nhã, às 17h00, no es­tá­dio 11 de No­vem­bro.

Ku­a­gi­ca as­se­gu­rou em con­fe­rên­cia de im­pren­sa que os mi­li­ta­res vão apro­vei­tar o em­ba­lo das úl­ti­mas cin­co jor­na­das pa­ra der­ro­tar os sam­bi­las, um dos ri­vais mais an­ti­gos do fu­te­bol em Lu­an­da, na­que­le que é con­si­de­ra­do tam­bém co­mo o dér­bi do po­vo.

O fi­el da ba­lan­ça es­tá a pen­der nos úl­ti­mos anos pa­ra a equi­pa ori­en­ta­da por Lú­cio An­tu­nes, mas o pu­pi­lo de Dra­gan Jo­vic, de 23 anos de ida­de, mos­tra-se con­vic­to de que os mi­li­ta­res têm tu­do à seu fa­vor pa­ra vol­tar a sor­rir no cam­pe­o­na­to.

"To­do o jo­go é um jo­go. Eles ven­ce­ram-nos na pri­mei­ra volta mas qu­e­ro acre­di­tar que se ca­da um de nós der o me­lhor de si, va­mos so­mar mais uma vi­tó­ria no Girabola e man­ter o nos­so per­cur­so na pro­va", prog­nos­ti­cou.

O des­per­tar do 1 º de Agos­to no cam­pe­o­na­to, es­tá a co­lo­car os ad­ver­sá­ri­os em sen­ti­do, mas o plan­tel quer pro­var em cam­po que tem ar­ca­boi­ço com­pe­ti­ti­vo pa­ra fa­zer a se­gun­da volta sem a in­ter­mi­tên­cia dos re­sul­ta­dos da pri­mei­ra.

"Es­ta­mos a vir de uma boa fa­se de­vi­do às vi­tó­ri­as con­se­cu­ti­vas que al­can­çá­mos. Ago­ra te­mos a obri­ga­ção de ten­tar fa­zer tu­do o que es­ti­ver ao nos­so al­can­ce pa­ra evi­tar que a equi­pa vol­te a ter a mes­ma fa­se má do pas­sa­do", afir­mou.

A der­ro­ta com o Pro­gres­so na pri­mei­ra volta pa­re­cia o co­me­ço do fim pa­ra os mi­li­ta­res no cam­pe­o­na­to, de­pois de­la vi­e­ram ou­tros maus re­sul­ta­dos que co­lo­ca­ram a equi­pa em xe­que. Es­tas lem­bran­ças do pas­sa­do, ain­da es­tão gra­va­dos na men­te do plan­tel, mas Ku­a­gi­ca ga­ran­tiu que ele e os co­le­gas ape­nas pen­sam em ga­nhar, sem es­pí­ri­to de vin­gan­ça.

" Pa­ra nós não se tra­ta de um jo­go es­pe­ci­al, vai ser mais um jo­go em que va­mos dar tu­do pa­ra ven­cer, não te­mos ou­tra mo­ti­va­ção em es­pe­ci­al", as­se­gu­rou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.