“Cam­pe­o­na­to é com­pli­ca­do”

Jornal dos Desportos - - FUTEBOL -

Da­vid Di­as con­si­de­ra o prin­ci­pal cam­pe­o­na­to an­go­la­no de fu­te­bol, Gi­ra­bo­la, uma pro­va mui­to com­pli­ca­da e di­fí­cil de ven­cer. Qua­tro anos de­pois da sua saí­da do co­man­do téc­ni­co do Pro­gres­so do Sam­bi­zan­ga, úl­ti­ma equi­pa que ori­en­tou an­tes de re­gres­sar a Inglaterra, o trei­na­dor ga­ran­tiu ao nos­so jor­nal ser cam­peão em An­go­la é uma mis­são her­cú­lea. "O Gi­ra­bo­la não é um cam­pe­o­na­to fá­cil. É uma com­pe­ti­ção mui­to é di­fí­cil. Por is­so, ser cam­peão em An­go­la é mui­to com­pli­ca­do, mas man­ter-se na pro­va e fa­zer-se uma com­pe­ti­ção tran­qui­la tam­bém é di­fí­cil. É um cam­pe­o­na­to para trei­na­do­res de bar­ba ri­ja", dis­se. O trei­na­dor acre­di­ta, por ou­tro la­do, que es­te ano o cam­pe­o­na­to es­tá mui­to mais com­pli­ca­do e re­la­ção aos anos an­te­ri­o­res. Jus­ti­fi­ca a sua te­se com o fac­to de no­tar mai­or equi­lí­brio en­tre as equi­pas, mas so­bre­tu­do por ve­ri­fi­car uma cer­ta apro­xi­ma­ção en­tre as equi­pas can­di­da­tas ao tí­tu­lo. "Es­te ano o cam­pe­o­na­to es­tá com­pli­ca­do. Al­gu­mas equi­pas que no ano pas­sa­do de­ram o ar da sua gra­ça, a exem­plo do Pro­gres­so da Lun­da Sul, es­tão em di­fi­cul­da­des. A Aca­dé­mi­ca, que an­dou sem­pre com a cor­da na gar­gan­ta, es­te ano tam­bém não es­tá mui­to bem. En­tre os can­di­da­tos, ve­jo um 1º de Agos­to que é cam­peão a jus­ti­fi­car a sua con­di­ção de de­ten­tor do tí­tu­lo. Mas ve­jo tam­bém uma equi­pa do Ka­bus­corp com uma enor­me von­ta­de de ser cam­peão, ape­sar dos úl­ti­mos em­pa­tes. O Pe­tro e o Li­bo­lo são mui­to im­pre­vi­sí­veis e es­tão na lu­ta e, tam­bém, po­dem ser campeões. No fun­do, a com­pe­ti­ção es­tá mui­to equi­li­bra­da", re­fe­riu Da­vid Di­as.A de­sis­tên­cia do Ben­fi­ca de Lu­an­da me­re­ceu, igual­men­te, co­men­tá­ri­os do trei­na­dor an­go­la­no a tra­ba­lhar na Inglaterra. La­men­ta a au­sên­cia for­ça­da das águi­as na mai­or com­pe­ti­ção de fu­te­bol do país e es­pe­ra que tão bre­ve quan­to pos­sí­vel a equi­pa con­si­ga re­gres­sar ao cam­pe­o­na­to. "Es­ta saí­da do Ben­fi­ca é um mau pres­sá­gio para o nos­so fu­te­bol, por­que era uma equi­pa que es­ta­va a ser de to­po e ti­nha fei­to coi­sas bo­as. Só po­de­mos la­men­tar, por­que o Ben­fi­ca es­ta­va para ser cam­peão, ti­nha uma ex­ce­len­te equi­pa co­man­da­da pe­lo pro­fes­sor Ze­ca", de­plo­rou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.