Ki­mi Räikkö­nen re­co­nhe­ce fal­ta de rit­mo

Jornal dos Desportos - - MODALIDADES -

Ki­mi Räikkö­nen não saiu sa­tis­fei­to com seu pó­dio no GP da In­gla­ter­ra nes­te do­min­go (16). Após a pro­va em Silverstone, o fin­lan­dês re­co­nhe­ceu que não ti­nha rit­mo pa­ra de­sa­fi­ar a Mer­ce­des, e ain­da dis­se que o pro­ble­ma em seu pneu di­an­tei­ro es­quer­do a du­as vol­tas do fi­nal foi fal­ta de sor­te. Ki­mi Räikkö­nen con­se­guiu um pó­dio no GP da In­gla­ter­ra des­te do­min­go (16), mas ad­mi­tiu não ter fi­ca­do fe­liz com o re­sul­ta­do. Na pro­va em Silverstone, o ti­tu­lar da Fer­ra­ri re­co­nhe­ceu que não ti­nha rit­mo su­fi­ci­en­te pa­ra de­sa­fi­ar a Mer­ce­des e la­men­tou o pro­ble­ma com seu pneu nas vol­tas finais. O fin­lan­dês lar­gou da se­gun­da po­si­ção du­ran­te boa par­te da dis­pu­ta se man­te­ve na po­si­ção, mes­mo não con­se­guin­do ame­a­çar a li­de­ran­ça de Lewis Hamilton. Com dois gi­ros pa­ra o fim, en­tre­tan­to, aca­bou so­fren­do um pro­ble­ma com seu pneu e te­ve que fa­zer uma pa­ra­da ex­tra, ven­do Valt­te­ri Bot­tas as­su­mir o se­gun­do pos­to. Ao fa­lar so­bre a corrida, o nú­me­ro 7 la­men­tou a fal­ta de sor­te e de ve­lo­ci­da­de. “Du­ran­te to­do o fi­nal de se­ma­na ti­ve­mos al­guns lu­ga­res que eram mais di­fí­ceis pa­ra nós. Eu ten­tei acom­pa­nhar Lewis, ten­tei di­mi­nuir a di­fe­ren­ça, mas não tí­nha­mos rit­mo su­fi­ci­en­te. Fi­ze­mos uma lar­ga­da de­cen­te, mas de­pois que fi­ca­mos atrás de­le não tí­nha­mos co­mo ul­tra­pas­sá-lo”, dis­se. "No fim, a di­fe­ren­ça pa­ra Bot­tas era ok pa­ra nós, mas en­tão, com du­as vol­tas pa­ra a ban­dei­ra­da, o pneu não ex­plo­diu, mas a bor­ra­cha se des­gru­dou da ro­da di­an­tei­ra es­quer­da de re­pen­te, e foi mui­ta fal­ta de sor­te”, se­guiu. “Não acre­di­to que pas­sei por ci­ma de na­da, tu­do pa­re­cia nor­mal an­tes da­qui­lo, e com sor­te vol­tei rá­pi­do pa­ra a pis­ta. In­fe­liz­men­te Seb te­ve o mes­mo pro­ble­ma que eu mais ou me­nos na vol­ta se­guin­te”, con­ti­nu­ou. Ki­mi se­guiu di­zen­do que a cons­tan­te má sor­te tem o per­se­gui­do. “In­fe­liz­men­te pa­re­ce que si­tu­a­ções de má sor­te con­ti­nu­am nos se­guin­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.