Clu­bes hui­la­nos aguar­dam le­ga­li­za­ção

Cam­pe­o­na­tos de Sub-17 e Sub-20 so­frem adi­a­men­tos por ra­zões téc­ni­cas

Jornal dos Desportos - - FUTEBOL - BENIGNO NARCISO, NO LUBANGO

Oa­tra­so na le­ga­li­za­ção dos clu­bes da pro­vín­cia da Huí­la nos es­ca­lões de Sub-17 e Sub-20 pe­la Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Fu­te­bol (FAF), por ques­tões téc­ni­cas e ad­mi­nis­tra­ti­vas, es­tá a pre­o­cu­par as for­ma­ções lo­cais que aguar­dam com an­si­e­da­de pe­la so­lu­ção dos pro­ces­sos pen­den­tes

O se­cre­tá­rio-ge­ral da As­so­ci­a­ção Pro­vin­ci­al de Fu­te­bol da Huí­la (APFH), Jo­sé Tchi­om­bo, re­ve­lou ao Jor­nal dos Des­por­tos que em vir­tu­de das for­ma­ções lo­cais não re­ce­be­ram os car­tões de ins­cri­ção em tem­po opor­tu­no o iní­cio da com­pe­ti­ção so­freu um adi­a­men­to.

“O pro­ble­ma con­sis­te na ins­cri­ção dos Sub-17 e Sub-20, já que re­me­te­mos a ní­vel da FAF as ins­cri­ções, mas in­fe­liz­men­te há im­pe­di­men­tos de or­dem téc­ni­ca. É um cons­tran­gi­men­to que nos ul­tra­pas­sa nes­te mo­men­to, por­que até ago­ra não têm em pos­se os car­tões por ques­tões téc­ni­cas”, in­for­mou.

O di­ri­gen­te afir­mou que a Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Fu­te­bol é ri­go­ro­sa e aler­tou aos seus fi­li­a­dos, por via do Co­mu­ni­ca­do Nº. 17, a proi­bi­ção da re­a­li­za­ção de com­pe­ti­ções com ins­cri­ções pro­vi­só­ri­as.

“No mês de Abril nos foi re­me­ti­do o Co­mu­ni­ca­do da FAF, ex­pri­min­do que ne­nhu­ma as­so­ci­a­ção de­ve­rá re­a­li­zar a com­pe­ti­ção com ins­cri­ções pro­vi­só­ri­as”, lem­brou.

A si­tu­a­ção es­tá a me­re­cer a aten­ção es­pe­ci­al da APF lo­cal, de acor­do com o res­pon­sá­vel, con­tu­do, re­fe­riu, ser um cons­tran­gi­men­to. Pa­ra o efei­to, por se tra­tar de um im­pe­di­men­to téc­ni­co da fe­de­ra­ção, adi­an­tou que, a so­lu­ção po­de­rá pas­sar por au­to­ri­zar a ins­cri­ção, a ní­vel lo­cal, dos res­pec­ti­vos es­ca­lões, por via de bi­lhe­tes de iden­ti­da­de com com­pro­va­ti­vo do ori­gi­nal até a su­pe­ra­ção do en­tra­ve que se re­gis­ta jun­to do ór­gão rei­tor do fu­te­bol na­ci­o­nal.

“Os clu­bes que re­me­te­ram as su­as ins­cri­ções até ago­ra não têm em pos­se os car­tões por­que a má­qui­na es­tá ava­ri­a­da. Nes­se con­tex­to, nu­ma reu­nião que efec­tu­a­mos, acor­dou-se que se de­ve­rá jo­gar, pa­ra os es­ca­lões de Sub17 e Sub-20, com bi­lhe­tes ori­gi­nais até que a FAF su­pe­re o im­pe­di­men­to téc­ni­co”, equa­ci­o­nou.

KINDALA MA­NU­EL | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Jo­ga­do­res aguar­dam que FAF so­lu­ci­o­ne a má­qui­na pa­ra a emis­são dos car­tões

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.