Na­dal iso­la­do na li­de­ran­ça

Jornal dos Desportos - - ÚLTIMA -

De­ten­tor de 16 tí­tu­los de Grand Slam, e de três do US Open, de­pois de ven­cer no do­min­go o su­la­fri­ca­no Ke­vin An­der­son na fi­nal dis­pu­ta­da em No­va York, o es­pa­nhol Ra­fa­el Na­dal con­so­li­dou a li­de­ran­ça do ran­king da ATP, na ac­tu­a­li­za­ção fei­ta na se­gun­da-fei­ra, abriu qua­se dois mil pon­tos de van­ta­gem no to­po. Na­dal ba­teu An­der­son por 3 sets a 0, com par­ci­ais de 6-3, 6-3 e 6-4 e triun­fou no úl­ti­mo 'Ma­jor' do ano, e re­pe­tiu o que fez em 2010 e 2013. O fei­to, le­vou-o a 9.465 pon­tos, con­tra 7.505 do se­gun­do co­lo­ca­do, o suí­ço Ro­ger Fe­de­rer, que che­gou aos Es­ta­dos Uni­dos com pos­si­bi­li­da­des de vol­tar à li­de­ran­ça, mas caiu nos quar­tos de fi­nal. É a pri­mei­ra vez, des­de Mar­ço de 2011, que os dois mai­o­res cam­peões de Slam en­tre os ho­mens na Era Open ocu­pam os dois pri­mei­ros lu­ga­res da lis­ta da ATP. Na oca­sião, o 'Tou­ro Miú­ra' tam­bém li­de­ra­va, com o seu gran­de ri­val em se­gun­do. Quan­to a Ke­vin An­der­son, fi­na­lis­ta de um dos qua­tro mai­o­res tor­nei­os do cir­cui­to, pe­la pri­mei­ra vez na car­rei­ra ga­nhou 17 po­si­ções e vol­tou ao top-15, em 15º lu­gar. Eli­mi­na­do pe­lo sul-afri­ca­no, nas mei­as-fi­nais, o tam­bém es­pa­nhol Pablo Car­reño Bus­ta es­tre­ou-se na lis­ta dos dez me­lho­res, em dé­ci­ma po­si­ção.

JEWEL SAMAD / AFP

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.