Paul as­su­me lu­ta pe­lo tí­tu­lo

Jornal dos Desportos - - MODALIDADES -

O Hous­ton Roc­kets se apre­sen­tou pa­ra a no­va tem­po­ra­da da NBA na ter­ça-fei­ra, com a pre­sen­ça do ba­se Ch­ris Paul, prin­ci­pal con­tra­ta­ção da equi­pa, com o ob­jec­ti­vo de­cla­ra­do de lu­tar pe­lo tí­tu­lo da li­ga.

Nin­guém foi mais ca­te­gó­ri­co do que o pró­prio Paul na afir­ma­ção, que dei­xou o Los An­ge­les Clip­pers co­mo agen­te li­vre.

"Não sai dos Clip­pers pe­lo fac­to de mu­dar de equi­pa, o fiz por­que que­ro con­se­guir um tí­tu­lo da li­ga. Che­gar aos Roc­kets pa­ra es­tar jun­to de Ja­mes Har­den e o qua­dro téc­ni­co dos Roc­kets era o ide­al pa­ra is­so", dis­se o ba­se aos jor­na­lis­tas.

Paul tam­bém dis­se que os tí­tu­los não são con­quis­ta­dos nas sa­las de im­pren­sa nem com os de­se­jos, mas sim com mui­to tra­ba­lho. "Te­nho is­so mui­to cla­ro. Por­tan­to, des­de que eu as­si­nei com os Roc­kets tra­ba­lha­rei du­ro pa­ra man­ter uma gran­de for­ma. Já pu­de tra­ba­lhar jun­to com Har­den e com os de­mais já com­par­ti­lhei ou­tros ti­pos de even­tos e vi­a­gens", des­ta­cou o ba­se, que elo­gi­ou o con­cei­to de bás­que­te ofen­si­vo do téc­ni­co dos Roc­kets, Mi­ke D'An­to­ni.

O ba­se des­ta­cou que era um "lu­xo" tra­ba­lhar sob o co­man­do do D'An­to­ni pe­los seus co­nhe­ci­men­tos co­mo pro­fis­si­o­nal, além da sua qua­li­da­de co­mo pes­soa. "Sa­bia a que ti­po de or­ga­ni­za­ção es­ta­va che­gan­do e a ca­da dia es­tou mais con­ten­te e sa­tis­fei­to com a de­ci­são que to­mei. Não quer di­zer que meus anos com os Clip­pers não fo­ram po­si­ti­vos. Fo­ram sim. Mas, no fim, não atin­gi as me­tas que me pro­pus", com­ple­tou Paul.

Por sua vez, Har­den dis­se que os Roc­kets se re­for­ça­ram mui­to bem, não só com a che­ga­da de Paul, mas tam­bém com as con­tra­ta­ções pa­ra a co­mis­são téc­ni­ca, que co­lo­ca­ram a equi­pa na lu­ta pe­lo tí­tu­lo.

"Se­gui­mos sen­do uma equi­pa jo­vem, com uma gran­de quan­ti­da­de de ta­len­to. Ago­ra ter Paul co­mo com­pa­nhei­ro é o me­lhor que po­dia ocor­rer. Co­mo é ló­gi­co, de­ve­mos tra­ba­lhar du­ro na qua­dra, mas me­lho­ra­mos em to­das as fa­ce­tas do jo­go com os no­vos jo­ga­do­res que che­ga­ram", dis­se o ex­tre­mo ba­se.

Har­den afir­mou es­tar pre­pa­ra­do pa­ra su­pe­rar os re­sul­ta­dos da tem­po­ra­da pas­sa­da e que não tem dú­vi­das de que se­rão uma equi­pe com­pe­ti­ti­va. Além dis­so, o cra­que dos Roc­kets co­lo­cou o Gol­den Sta­te War­ri­ors, atu­al cam­peão, co­mo ti­me a ser ba­ti­do.

"É o nor­mal. Eles são os cam­peões e man­ti­ve­ram to­do o nú­cleo da equi­pa, mas ago­ra es­ta­mos mais per­to do que an­tes na ho­ra de ten­tar su­pe­rá-los", afir­mou Har­den.

Já o téc­ni­co Mi­ke D'An­to­ni afir­mou que não te­rá pro­ble­mas na ho­ra de en­cai­xar Paul no es­que­ma do jo­go dos Roc­kets, que man­te­ve ou­tras pe­ças im­por­tan­tes, co­mo Tre­vor Ari­za, Clint Ca­pe­la e o bra­si­lei­ro Ne­nê, que foi um im­por­tan­te re­ser­va na úl­ti­ma tem­po­ra­da. "(Paul) é um gran­de jo­ga­dor, que está no mo­men­to ide­al pa­ra jo­gar bas­que­te e tem pe­la fren­te os me­lho­res anos da sua car­rei­ra. É um jo­ga­dor com­ple­to, que não só mar­ca e ar­ma, mas tam­bém faz uma gran­de de­fe­sa.

Is­so se­rá de­ci­si­vo pa­ra nós", ava­li­ou o trei­na­dor.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.