DI­REC­ÇÃO DO PE­TRO AVALIA ÉPO­CA'2017

To­más Fa­ria ana­li­sa ren­di­men­to da equi­pa de fu­te­bol no Gi­ra­bo­la Zap

Jornal dos Desportos - - PORTADA - PAU­LO CACULO

Apo­si­ção e a pres­ta­ção do Pe­tro de Lu­an­da no re­cém ter­mi­na­do cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal e o de­sem­pe­nho da épo­ca fu­te­bo­lís­ti­ca de 2017, vão ser ana­li­sa­dos ho­je pe­la di­rec­ção do clu­be, du­ran­te uma con­fe­rên­cia de im­pren­sa agen­da­da pa­ra às 9h00 na se­de so­ci­al da agre­mi­a­ção, lo­ca­li­za­da no Ei­xo Viá­rio.

Du­ran­te o en­con­tro com os jor­na­lis­tas, To­más Fa­ria, pre­si­den­te do clu­be, faz uma re­tros­pec­ti­va em tor­no do grau de sa­tis­fa­ção dos tri­co­lo­res, ao ca­bo do des­fe­cho do ano des­por­ti­vo, com gran­de pre­do­mi­nân­cia pa­ra os ní­veis de ren­di­men­to con­se­gui­dos pe­la equi­pa de fu­te­bol.

A oca­sião de­ve ser­vir ain­da, pa­ra o lí­der dos tri­co­lo­res es­cla­re­cer even­tu­ais dú­vi­das em re­la­ção aos pro­pó­si­tos tra­ça­dos pe­la di­rec­ção do clu­be petrolífero, no prin­cí­pio de épo­ca, bem co­mo ava­li­ar se foi al­can­ça­do tudo qu­an­to es­ta­va pro­jec­ta­do em ter­mos de re­sul­ta­dos des­por­ti­vos.No que à pres­ta­ção do Pe­tro no Gi­ra­bo­la Zap, a di­rec­ção en­ca­be­ça­da por To­más Fa­ria vai co­men­tar os nú­me­ros con­se­gui­dos pe­la equi­pa nes­te ano.

Em 30 jor­na­das, fez 62 pon­tos, con­tra 64 do cam­pe­o­na­to pas­sa­do. Acres­cen­ta-se a is­so, o fac­to dos tri­co­lo­res te­rem so­ma­rem 20 vi­tó­ri­as, dois em­pa­tes, oi­to der­ro­tas, 46 go­los mar­ca­dos e 20 so­fri­dos.

O re­gis­to da equi­pa às or­dens de Be­to Bi­an­chi, no Gi­ra­bo­la Zap des­te ano, acres­ci­do da con­quis­ta da Ta­ça de An­go­la, po­de ser­vir de jus­ti­fi­ca­ção pa­ra os tri­co­lo­res con­si­de­ra­rem po­si­ti­va a épo­ca fu­te­bo­lís­ti­ca, em­bo­ra, pa­ra alguns adep­tos mais exi­gen­tes o pro­lon­ga­do je­jum no cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal não de­ve ser vis­to de for­ma le­vi­a­na.

A ques­tão do con­tra­to do téc­ni­co Be­to Bi­an­chi e a gran­de pro­ba­bi­li­da­de do dei­xar o car­go de se­lec­ci­o­na­dor na­ci­o­nal, pa­ra de­di­car-se a tem­po in­tei­ro ao Pe­tro de Lu­an­da, de­ve me­re­cer igual­men­te abor­da­gem na con­fe­rên­cia de im­pren­sa des­ta ma­nhã, no Ei­xo Viá­rio.

De igual mo­do, não de­ve pas­sar des­per­ce­bi­da a ques­tão da re­no­va­ção com o nai­pe de jo­ga­do­res fun­da­men­tais na ma­no­bra da equi­pa, as­sim co­mo a con­tra­ta­ção de ou­tros, com vis­ta a pre­pa­ra­ção da pró­xi­ma épo­ca. E, di­ga-se, nes­se par­ti­cu­lar, que a di­rec­ção não de­ve per­der tam­bém a opor­tu­ni­da­de de as­se­gu­rar a con­ti­nui­da­de do gros­so de es­tran­gei­ros "im­pres­cin­dí­veis" do plan­tel, a exem­plo dos bra­si­lei­ros Ti­a­go Azu­lão, Diney e Tony. De res­to, ao con­trá­rio do ba­lan­ço da épo­ca de 2016, é pou­co pro­vá­vel que o pre­si­den­te do Pe­tro de Lu­an­da se re­fi­ra ao tra­ba­lho da ar­bi­tra­gem, co­mo ne­ga­ti­vo ou po­si­ti­vo.

No ano pas­sa­do, To­más Fa­ria quei­xou-se mui­to da ac­tu­a­ção dos ár­bi­tros, in­clu­si­ve as­se­gu­rou a pos­si­bi­li­da­de de es­cre­ver uma car­ta de pro­tes­to ao Con­se­lho Cen­tral de Ár­bi­tros da FAF, pa­ra so­li­ci­tar a proi­bi­ção de no­me­a­ção de alguns juí­zes e as­sis­ten­tes, nos jo­gos do Pe­tro de Lu­an­da.

Pre­si­den­te dos tri­co­lo­res abor­da ho­je a pres­ta­ção da equi­pa de fu­te­bol no cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal

DOMINGOS CA­DÊN­CIA | EDIÇÕES NO­VEM­BRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.