“Or­ga­ni­za­ção é fun­da­men­tal”

Jornal dos Desportos - - GRANDE ENTREV STA -

Acha, que o Sa­gra­da Es­pe­ran­ça tem es­tru­tu­ra téc­ni­ca e hu­ma­na, pa­ra al­can­çar es­se de­si­de­ra­to?

Sim. Di­go que tem, por­que é pos­sí­vel cri­ar e re­for­çar a es­tru­tu­ra, que vo­cê fa­la. Ou se­ja, os in­ves­ti­men­tos pa­ra ser cam­peão, co­me­çam com a or­ga­ni­za­ção de to­das as es­tru­tu­ras e a co­mu­ni­ca­ção en­tre a di­rec­ção, equi­pa téc­ni­ca e jo­ga­do­res. Es­ses dois ele­men­tos são de­ter­mi­nan­tes.

Quer ex­pli­car me­lhor, es­sa ques­tão que con­si­de­ra in­dis­pen­sá­vel pa­ra a con­quis­ta do tí­tu­lo, es­pe­ci­fi­ca­men­te, no Sa­gra­da Es­pe­ran­ça?

A or­ga­ni­za­ção e co­mu­ni­ca­ção nu­ma equi­pa de fu­te­bol, con­cre­ta­men­te, pa­ra qu­em tem am­bi­ção de ser cam­peão, não é ape­nas um pro­ble­ma do Sa­gra­da Es­pe­ran­ça. De­ve ser a ba­se de to­das as equi­pas an­go­la­nas, que te­nham es­ta pre­ten­são. Eu ex­pli­co-me: Uma di­rec­ção, jun­ta­men­te com o trei­na­dor, co­me­ça a or­ga­ni­zar o cam­pe­o­na­to an­tes do seu iní­cio, e mui­to mais pa­ra um clu­be que apos­ta em ser cam­peão. Não se po­de or­ga­ni­zar a ca­sa, no mês de Fe­ve­rei­ro, al­tu­ra em que é aber­ta a épo­ca em An­go­la.

E, qual a al­tu­ra ide­al pa­ra o ar­ran­que dos tra­ba­lhos, na no­va épo­ca?

Pa­ra nós, De­zem­bro é o mês ide­al pa­ra ini­ci­ar to­do o tra­ba­lho, por­que en­ten­de­mos que an­tes dis­so, o pro­jec­to foi apre­sen­ta­do e dis­cu­ti­do há mui­to tem­po. Des­ta for­ma, não é di­fí­cil ser cam­peão. Ago­ra, a co­mu­ni­ca­ção é aque­la in­te­rac­ção cons­tan­te que de­ve exis­tir en­tre to­das as es­tru­tu­ras, em que a equi­pa téc­ni­ca sin­ta a am­bi­ção dos di­ri­gen­tes. É im­por­tan­te di­zer, que is­so de o Sa­gra­da Es­pe­ran­ça lu­tar pa­ra o tí­tu­lo, não de­pen­de de mim. O que eu te­nho, é a am­bi­ção de ser cam­peão. Tudo, de­pen­de da di­rec­ção. É ela qu­em pro­jec­ta e de­fi­ne on­de que­re­mos che­gar, pa­ra de­pois o téc­ni­co olhar pa­ra as su­as ca­pa­ci­da­des, acei­ta o de­sa­fio ou não.

Sa­gra­da Es­pe­ran­ça apos­ta em atle­tas na­ci­o­nais pa­ra o ata­que

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.