Em Ca­lu­lo “manda” o Li­bo­lo

Jornal dos Desportos - - FUTEBOL - A.FÉLIX

No sá­ba­do, a pós o jo­go da sua equi­pa na aber­tu­ra da primeira jor­na­da, ou­vi­mos o téc­ni­co-ad­jun­to do Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo, Adi­o­ne Pedro, a con­si­de­rar de "mui­to di­fí­cil" a con­ten­da com o 1º de Maio, ao qual venceu, por 20, mas, se­gun­do o mes­mo, sen­do pa­ra a primeira a jor­na­da do Gi­ra­bo­la2018, o re­sul­ta­do com­pen­sa, ain­da mais por ter si­do dis­pu­ta­do em ca­sa, na vi­la de Ca­lu­lo.

Di­to de ou­tra for­ma, pa­ra si, os jo­ga­do­res fi­ze­ram "um bom jo­go", vis­to que con­se­gui­ram al­can­çar o ob­jec­ti­vo (vi­tó­ria). Foi bom ouvir ain­da es­se treinador a re­co­nhe­cer ho­nes­ta­men­te que a vi­tó­ria de­veu-se à entrega e ao mé­ri­to dos seus pu­pi­los, so­bre­tu­do por te­rem po­li­ci­a­do e pa­ra­do as prin­ci­pais uni­da­des da for­ma­ção pro­le­tá­ria.

Os go­los dos li­bo­len­ses ru­bri­ca­dos me­re­ci­da­men­te por Sid­ney, aos 42 mi­nu­tos e Vi­et, aos 52, gal­va­ni­zam as­sim o con­jun­to de Ca­lu­lo pa­ra os jo­gos que se se­gui­rão.

Os pro­le­tá­ri­os é que não po­dem já bai­xar a ca­be­ça, ha­ven­do ain­da mui­to cam­pe­o­na­to por se "jo­gar". Res­ta, co­mo bem fri­sou o téc­ni­co Agos­ti­nho Tra­ma­gal, ar­re­ga­çar as man­gas e pros­se­guir o tra­ba­lho com vis­ta ao al­can­ce do ob­jec­ti­vo de se man­ter na primeira di­vi­são.

"Co­me­te­mos mui­tos er­ros e, por is­so, o Li­bo­lo es­tá de pa­ra­béns pela vi­tó­ria", re­co­nhe­ceu Agos­ti­nho Tra­ma­gal e, por­tan­to, quem fa­la as­sim...não ga­go.

No Hu­am­bo, pa­ra "abrir" as hos­ti­li­da­des, não fi­cou mal o em­pa­te (1-1) en­tre o lo­cal JGM e o vi­si­tan­te FC Bra­vos do Ma­quis. Es­pe­ra­va-se mais des­ta úl­ti­ma, já ca­le­ja­do do cam­pe­o­na­to, di­an­te de m adversário que sen­do no­va­to na fi­na-flor do "Gi­ra" con­se­guiu-se ba­ter-se pa­ra a re­par­ti­ção de pon­tos.

O or­gu­lho e a au­to-es­ti­ma da equi­pa do Hu­am­bo es­tá bem pre­mi­a­do. O Ma­quis adi­an­tou-se no mar­ca­dor por Ze­ca, aos 52 mi­nu­tos, mas os ra­pa­zes ori­en­ta­dos Ivo Cam­pos im­pu­se­ram a igual­da­de por Zé aos 70.

Os "Po­lí­ci­as" ori­en­ta­dos por Paulo Tor­res re­gres­sam hoje do Lu­ban­go com um em­pa­te (1-1) di­an­te do Des­por­ti­vo da Huí­la, qu­an­do a in­ten­ção era a vi­tó­ria.

Pe­los “Po­lí­ci­as” apon­tou o golo Le­o­nel aos 78 mi­nu­tos e 10 mi­nu­tos de­pois Pedro acer­tou pa­ra a igual­da­de, si­nal de que o jo­go e o cau­dal que as du­as equi­pas on­tem "des­ti­la­ram" no es­tá­dio do Fer­ro­via ape­nas foi o su­fi­ci­en­te... pa­ra a re­par­ti­ção de pon­tos.

Mas sig­ni­fi­ca, ou­tro sim, que o tra­ba­lho in­ten­si­vo que as equi­pas re­a­li­zam pa­ra abrir da me­lhor for­ma a épo­ca ca­re­ce ain­da de mais acer­tos, sob pena de, jor­na­da a jor­na­da, co­me­te­rem os mes­mos er­ros do cam­pe­o­na­to pas­sa­do.

Os "Po­lí­ci­as" re­for­ça­ram o plan­tel com jo­ga­do­res que, te­o­ri­ca­men­te, dão ga­ran­ti­as de con­quis­tar o Gi­ra­bo­la, de­pois de oi­to anos sem o lo­gra­rem, mas o Des­por­ti­vo da Huí­la (co­mo lhe com­pe­tia) ba­teu-se bem pa­ra não fa­ci­li­tar os vi­si­tan­tes.

No es­tá­dio do Dan­de (Ca­xi­to/Ben­go) o Do­mant teve de sub­me­ter sob a sua su­pe­ri­o­ri­da­de o seu vi­si­tan­te, o Sa­gra­da Es­pe­ran­ça da Lu­an­da Nor­te, ba­ten­do-o, por 1-o, com golo de Luís, mos­tran­do, as­sim, que es­te ano não es­tá(ra) pa­ra "brin­ca­dei­ra", com to­do o seu futebol avassalador.

Na ver­da­de, a for­ma co­mo o Do­mant do Ben­go pro­cu­rou res­pon­der ao Sa­gra­da Es­pe­ran­ça é um avi­so que fi­ca pa­ra as ou­tras equi­pas: te­rão de fa­zer pela vi­da, na pró­xi­mas jor­na­das, pró­xi­mos jo­gos, no sen­ti­do im­pe­dir que o re­pre­sen­tan­te do Ben­go não fi­que en­tre os 10 pri­mei­ros, que é a me­ta de mo­des­ta­men­te de­fi­niu, nes­ta pro­va de 16 con­cor­ren­tes.

As pe­ças do Do­mant que há di­as, num amis­to­so com o Eva­le do Cu­ne­ne, fi­ze­ram-no go­le­ar es­ta, por 6-0, é si­nal cla­ro de que estão a tra­ba­lhar mui­to. E o Sa­gra­da sen­tiu is­to, en­fren­tan­do os re­for­ços que o adversário foi bus­car ao 1º de Agos­to, ASA, 1º de Maio de Ben­gue­la, Pro­gres­so, Des­por­ti­vo da Huí­la e In­ter­clu­be.

O Sa­gra­da não venceu, fal­tou­lhe mé­ri­to, tem de fa­zer pela vi­da pa­ra can­tar vi­tó­ria na se­gun­da jor­na­da.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.