Raul Du­ar­te va­lo­ri­za plan­tel

Téc­ni­co des­co­nhe­ce si­tu­a­ção dos ame­ri­ca­nos Ja­kel Fos­ter e An­dre Har­ris

Jornal dos Desportos - - MODALIDADES - ME­LO CLE­MEN­TE JUS­CE­LI­NO DA SIL­VA

Otéc­ni­co prin­ci­pal do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca, Raul Du­ar­te, mos­trou­se con­fi­an­te nu­ma tem­po­ra­da exi­to­sa, que pas­sa pe­la con­quis­ta dos tro­féus em que es­tão en­ga­ja­dos, no­me­a­da­men­te, o Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal de bas­que­te­bol em se­ni­o­res mas­cu­li­nos, vul­go Uni­tel Bas­ket, e a Ta­ça de An­go­la, is­to a ní­vel do­més­ti­co.

Ape­sar das con­vul­sões que es­tão a mar­car as úl­ti­mas se­ma­nas o seu plan­tel, com re­al­ce pa­ra a saí­da do in­ter­na­ci­o­nal an­go­la­no, Reg­gie Mo­o­re, pos­te de 36 anos de ida­de, dois me­tros e três cen­tí­me­tros de al­tu­ra, 107 kg, atle­ta que res­cin­diu de for­ma uni­la­te­ral o seu con­tra­to com as águi­as, por in­cum­pri­men­tos con­tra­tu­ais, pa­ra além dos ame­ri­ca­nos Ja­kel Fos­ter, ba­se de 34 anos de ida­de, e An­dre Har­ris, 32 anos de ida­de, que aban­do­na­ram a ca­pi­tal do país, Lu­an­da, ale­ga­da­men­te, por fal­ta de pa­ga­men­tos, o an­ti­go di­rec­tor téc­ni­co da Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Bas­que­te­bol (FAB) man­tém o seu fo­co vi­ra­do pa­ra a con­quis­ta do tro­féu do Uni­tel Bas­ket e da Ta­ça de An­go­la.

Raul Du­ar­te pre­fe­re va­lo­ri­zar os atle­tas que con­ti­nu­am ao ser­vi­ço da for­ma­ção do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca, ape­sar de re­co­nhe­cer o po­ten­ci­al dos atle­tas "de­ser­to­res".

Em de­cla­ra­ções a co­mu­ni­ca­ção so­ci­al, lo­go após a der­ro­ta da sua agre­mi­a­ção fren­te ao Clu­be Cen­tral das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas, por 86-104, is­to na úl­ti­ma sex­ta-fei­ra, em par­ti­da a con­tar pa­ra a ter­cei­ra jor­na­da da ter­cei­ra vol­ta da 40ª edi­ção do Cam­pe­o­na­to Na­ci­o­nal de bas­que­te­bol em se­ni­o­res mas­cu­li­nos (Uni­tel Bas­ket), o téc­ni­co Raul Du­ar­te enal­te­ceu a en­tre­ga da sua ra­pa­zi­a­da.

"In­fe­liz­men­te, hou­ve si­tu­a­ções em que não fo­mos tão for­te. Creio que o 1º de Agos­to foi mais for­te, fun­da­men­tal­men­te, nos res­sal­tos ofen­si­vos, pa­ra além de te­rem si­do cer­tei­ros nos lan­ça­men­tos de cam­po. Pen­so que foi um bom jo­go par­ti­cu­lar­men­te da nos­sa equi­pa, ape­sar de ter­mos per­di­do, gos­tei de ver a equi­pa a jo­gar".

Qu­es­ti­o­na­do so­bre a re­al si­tu­a­ção dos jo­ga­do­res nor­te­a­me­ri­ca­nos, o ex-se­lec­ci­o­na­dor dos sub-19 em mas­cu­li­nos, li­mi­tou-se a di­zer que os mes­mos en­con­tram-se fo­ra do país, ca­ben­do a di­rec­ção do clu­be for­ne­cer mais da­dos so­bre os atle­tas em cau­sa.

"Eles não es­tão em An­go­la é só is­so que lhe pos­so di­zer. Não es­tão cá e ca­be a di­rec­ção do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca de­ci­dir quan­do é que vol­tam. Por­tan­to, não é um pro­ble­ma meu", de­sa­ba­fou o téc­ni­co das águi­as.

Ao fi­na­li­zar, Raul Du­ar­te, que já foi cam­peão na­ci­o­nal com as co­res do Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo do Cu­an­za Sul, pre­fe­riu va­lo­ri­zar os pre­sen­tes, mi­ni­mi­zan­do com­ple­ta­men­te os au­sen­tes.

"Nós te­mos que con­tar com aque­les que cá es­tão to­dos os di­as.

Eu pen­so que a res­pos­ta da­da ho­je

(sex­ta­fei­ra), ape­sar de ter­mos per­di­do, aca­ba por ser po­si­ti­va. Por­tan­to, va­mos con­ti­nu­ar a tra­ba­lhar por for­mas a me­lho­rar­mos a nos­sa per­for­man­ce nos pró­xi­mos di­as", al­vi­trou Raul Du­ar­te.

A for­ma­ção do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca con­ti­nua na se­gun­da po­si­ção da 40ª edi­ção do Uni­tel Bas­ket, ago­ra, com 42 pon­tos, con­tra 47 do Clu­be Cen­tral das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas (1º de Agos­to), no pri­mei­ro lu­gar.

O Atlé­ti­co Pe­tró­le­os de Lu­an­da ocu­pa o ter­cei­ro pos­to, igual­men­te com 42 pon­tos.

O in­ter­na­ci­o­nal an­go­la­no, Pe­dro Bastos, ex­tre­mo ba­se de 25 anos de ida­de, um me­tro e oi­ten­ta e se­te cen­tí­me­tros de al­tu­ra, que re­pre­sen­tou o Atlé­ti­co Pe­tró­le­os de Lu­an­da nas úl­ti­mas cin­co tem­po­ra­das e se trans­fe­riu pa­ra o Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo do Cu­an­za Sul no fi­nal da épo­ca pas­sa­da, res­cin­diu o seu con­tra­to la­bo­ral com a for­ma­ção do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca, de acor­do com Egas Vi­e­gas, agen­te que ge­re a car­rei­ra des­por­ti­va do re­fe­ri­do atle­ta.

Ques­tões de or­dem fi­nan­cei­ra es­ti­ve­ram na ba­se da res­ci­são do con­tra­to, se­gun­do o agen­te do jo­ga­dor. Pe­dro Bastos foi um dos es­tei­os da equi­pa ori­en­ta­da por Raul Du­ar­te, cu­jo con­tra­to de­ve­ria ter­mi­na a 27 de Ju­nho pró­xi­mo.

"Res­cin­di­mos ami­ga­vel­men­te com o Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca. Já não é se­gre­do pa­ra nin­guém, por­que to­dos nós sa­be­mos os pro­ble­mas fi­nan­cei­ros que vi­ve o Li­bo­lo. O Pe­dro Bastos nes­te mo­men­to é um jo­ga­dor li­vre, e po­de­rá re­pre­sen­tar um ou­tro em­ble­ma na pró­xi­ma épo­ca, nes­te mo­men­to es­ta­mos aber­to pa­ra re­ce­ber pro­pos­tas de ou­tros clu­bes, aque­la que mais agra­dar, cer­ta­men­te, que vai me­re­cer mai­or aten­ção de nos­sa par­te ", dis­se.

Pe­dro Bastos co­me­çou a pra­ti­car bas­que­te­bol no Vi­la Clo­til­de ten­do ru­ma­do pa­ra o Atlé­ti­co Pe­tró­le­os de Lu­an­da on­de fez a sua for­ma­ção.

O atle­ta dei­xou a equi­pa do Ei­xo-viá­rio no fi­nal da épo­ca pas­sa­da, em vir­tu­de de não ter che­ga­do a acor­do com a di­rec­ção do clu­be, li­de­ra­da por To­más Fa­ria.

Ao ser­vi­ço dos pe­tro­lí­fe­ros da ca­pi­tal, Pe­dro Bastos, con­quis­tou uma Li­ga dos Clu­bes Cm­peões Afri­ca­nos, dois Cam­pe­o­na­tos Na­ci­o­nais, três Ta­ças de An­go­la, du­as Su­per­ta­ças.

En­tre­tan­to, Pe­dro Bastos tor­nou-se no se­gun­do jo­ga­dor a res­cin­dir o con­tra­to es­ta épo­ca com a di­rec­ção do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca, de­pois de Reg­gie Mo­o­re, que re­pre­sen­ta ac­tu­al­men­te o Ga­li­tos de Por­tu­gal.

An­ti­go se­lec­ci­o­na­dor na­ci­o­nal dos sub-19 quer con­quis­tar tro­féus ao ser­vi­ço do Sport Li­bo­lo e Ben­fi­ca

M.MACHANGONGO |EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.