SO­NHAR EM MBABANE

Mi­li­ta­res de­fron­tam o Mbabane Swal­lows da ex -Swa­zi­lân­dia, pa­ra o jo­go da se­gun­da jor­na­da do gru­po D, da Li­ga dos Cam­peões Afri­ca­nos, no es­tá­dio Ma­vu­so Man­zi­ni.

Jornal dos Desportos - - PORTADA - JOR­GE NE­TO

Con­quis­tar a pri­mei­ra vi­tó­ria na com­pe­ti­ção é o prin­ci­pal ob­jec­ti­vo da equi­pa do 1º de Agos­to, quan­do de­fron­tar amanhã às 14h00 a for­ma­ção do Mbabane Swal­lows de eSwatini (ex-Su­a­zi­lân­dia), no es­tá­dio Ma­vu­so, par­ti­da re­fe­ren­te à se­gun­da jor­na­da da sé­rie D, da fa­se de gru­pos da 22ª edi­ção da Li­ga dos Clu­bes Cam­peões Afri­ca­nos.

De­pois do em­pa­te ca­sei­ro, de um go­lo com o Étoi­le Spor­ti­ve du Sahel da Tu­ní­sia, os bi­cam­peões na­ci­o­nais têm a mis­são de ga­nhar fo­ra de por­tas, ou pon­tu­ar di­an­te de um ad­ver­sá­rio mo­ra­li­za­do com a di­vi­são de pon­tos, em ca­sa do Zes­co Uni­ted da Zâm­bia.

A for­ma­ção ori­en­ta­da pe­lo sér­vio Zo­ran Ma­ki, dei­xou o país na sex­ta-fei­ra ru­mo à Áfri­ca do Sul, pa­ra re­a­li­zar um mi­ni -es­tá­gio de dois di­as e preparar-se me­lhor pa­ra a im­por­tan­te des­lo­ca­ção.

Os agos­ti­nos re­co­nhe­cem que vão ter um ad­ver­sá­rio di­fí­cil pe­la fren­te, que pra­ti­ca um fu­te­bol di­fe­ren­te ao dos tu­ni­si­nos, daí, que tra­ba­lha­ram to­dos os por­me­no­res do jo­go pa­ra não se­rem sur­pre­en­di­dos. O Mbabane Swal­lows é uma equi­pa ha­bi­tu­a­da a mar­car go­los. Foi as­sim nas eli­mi­na­tó­ri­as de aces­so e na pri­mei­ra jor­na­da des­ta com­pe­ti­ção, pe­lo que o sec­tor de­fen­si­vo, co­man­da­do por Da­ni Mas­sun­gu­na, de­ve pres­tar a má­xi­ma aten­ção aos avan­ça­dos.

Em re­la­ção ao ata­que mi­li­tar, a equi­pa téc­ni­ca tra­ba­lhou com al­gu­ma in­sis­tên­cia na fi­na­li­za­ção, o gran­de "bi­co d´obra" do con­jun­to, por­que cri­am inú­me­ras opor­tu­ni­da­des, mas a fal­ta de efi­cá­cia tei­ma em fa­zer mo­ra­da.

Os ru­bro - ne­gros sa­bem, que têm de dar o má­xi­mo, pa­ra con­tra­po­rem o ad­ver­sá­rio no seu ter­re­no, ape­sar de não con­tar com as par­ti­ci­pa­ções de Na­ta­el, Nel­son da Luz, Chow , Go­go­ró e Ra­zaq, o plan­tel es­tá mo­ti­va­do e de­ter­mi­na­do em re­gis­tar um bom re­sul­ta­do.

Com a cons­ci­ên­cia de que nes­ta com­pe­ti­ção não exis­tem ad­ver­sá­ri­os fá­ceis, os cam­peões na­ci­o­nais vão com a "li­ção es­tu­da­da" pa­ra fa­zer his­tó­ria, que era so­mar uma vi­tó­ria fo­ra de por­tas, pa­ra man­ter ace­sa a cren­ça de atin­gir ou­tras fa­ses da com­pe­ti­ção, ou se­ja, os quar­tos -de -fi­nal.

No ou­tro jo­go, a for­ma­ção do Étoi­le Spor­ti­ve du Sahel da Tu­ní­sia re­ce­be o Zes­co Uni­ted da Zâm­bia, par­ti­da em que a equi­pa da ca­sa é fa­vo­ri­ta ao triun­fo.

Bi­cam­peões na­ci­o­nais têm a mis­são de ga­nhar fo­ra de por­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.