Gor Mahia con­fi­an­te

Jornal dos Desportos - - FUTEBOL - BF

O Gor Mahia FC é co­mo o Petro de Lu­an­da, por­que tem mui­tos anos de es­tra­da nas afro­ta­ças. O es­tron­do­so re­sul­ta­do ob­ti­do à cus­ta do Za­ma­lek deu um es­ta­tu­to di­fe­ren­te a equi­pa que­ni­a­na, aju­dou a des­per­tar as fa­cul­da­des com­pe­ti­ti­vas dos tri­co­lo­res, ain­da as­sim há to­dos os mo­ti­vos pa­ra acre­di­tar que os que­ni­a­nos es­ta­rão no 11 de No­vem­bro pa­ra pro­var o mé­ri­to, que dei­xou bo­qui­a­ber­to o con­ti­nen­te.

As nu­vens ne­gras que ame­a­çam o bal­neá­rio são uma boa no­va pa­ra o Gor Mahia, po­rém, os que­ni­a­nos sa­bem que maus re­sul­ta­dos le­vam sem­pre os per­de­do­res a ir aos ara­mes, sim os tri­co­lo­res es­tão fu­ri­o­sos por es­ta­rem a dar mo­ti­vos de quei­xa aos seus adep­tos, sen­do es­ta uma boa ra­zão pa­ra os fo­ras­tei­ros es­ta­rem mais aler­tas do que o cos­tu­me, pa­ra não se­rem obri­ga­dos a pa­gar a fac­tu­ra.

O triun­fo, na ron­da inau­gu­ral, dá imen­sa mar­gem de ma­no­bra ao Gor Mahia, o de­ver de ca­sa foi mui­to bem fei­to, ago­ra con­so­li­dá-lo com o me­lhor re­sul­ta­do pos­sí­vel em ca­sa alheia. A es­tra­té­gia do pon­ti­to é a par­te me­nos vi­sí­vel da es­tra­té­gia de não per­der dos que­ni­a­nos, de­pois do bri­lha­re­te ca­sei­ro eles per­ce­bem a im­por­tân­cia de lu­crar al­gu­ma coi­sa na se­gun­da jor­na­da, um em­pa­te já da­ria al­gum con­ten­ta­men­to, mas é ine­gá­vel que o fo­co es­tá mes­mo na vi­tó­ria.

O Petro de Lu­an­da es­tá sem li­ber­da­de de es­co­lha, por­que se vê aper­ta­do de to­dos os la­dos, mas co­mo ain­da se po­de me­xer, tem a obri­ga­ção de tam­bém fa­zer a sua par­te, pa­ra sair do fi­gu­ra­ti­vo re­de­moi­nho em que se en­con­tra, se lu­tar com tu­do o que tem po­de mui­to bem so­mar os 3 pon­tos, até sem pre­ci­sar de uma exi­bi­ção de ga­la.

DR

Que­ni­a­nos li­de­ram a sé­rie

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.