"As pes­so­as não ser­vem o des­por­to"

Jornal dos Desportos - - MODALIDADES - GAUDÊNCIO HAMELAY | NO LUBANGO

Nos úl­ti­mos anos, o des­por­to na­ci­o­nal tem me­re­ci­do opi­niões di­ver­gen­tes nas ava­li­a­ções dos agen­tes. Des­ta vez, foi con­si­de­ra­do "não es­tar bem de saú­de" por en­vol­ver mui­tos va­lo­res mo­ne­tá­ri­os. Os pra­ti­can­tes e ou­tras pes­so­as en­vol­vi­das não es­tão com­pro­me­ti­das pe­la cau­sa, mas pe­lo in­te­res­se fi­nan­cei­ro. A apre­ci­a­ção é do no­vo che­fe de De­par­ta­men­to da Ju­ven­tu­de e Des­por­tos do Ga­bi­ne­te da Cul­tu­ra, Tu­ris­mo, Ju­ven­tu­de e Des­por­tos da Huí­la, Romualdo Baltazar.

O no­vo di­ri­gen­te rei­te­rou que ha­via mais com­pro­me­ti­men­to das pes­so­as no pas­sa­do que nos di­as cor­ren­tes. O di­nhei­ro pas­sou a ser o "mo­te" da prá­ti­ca do des­por­to em An­go­la. Pa­ra Romualdo Baltazar, fa­zi­a­se o des­por­to por amor à ca­mi­so­la e os ca­ro­las ac­tu­a­vam pa­ra o êxi­to das coi­sas.

"Ho­je, as pes­so­as não ser­vem o des­por­to, mas ser­vem-se do des­por­to", dis­se o an­ti­go ár­bi­tro na­ci­o­nal num de­ba­te or­ga­ni­za­do pe­lo Ga­bi­ne­te Pro­vin­ci­al da Cul­tu­ra, Tu­ris­mo, Ju­ven­tu­de e Des­por­tos lo­cal no âm­bi­to do Dia Na­ci­o­nal dos Des­por­tos, ce­le­bra­do a 23 de Ja­nei­ro.

No­me­a­do há di­as pe­lo Go­ver­na­dor Pro­vin­ci­al da Huí­la, Luís Fon­se­ca Nu­nes, pa­ra subs­ti­tuir o an­ti­go ár­bi­tro au­xi­li­ar na­ci­o­nal Edu­ar­do Sa­mu­el Jo­sé, Romualdo Baltazar lem­brou que os an­ti­gos pro­fes­so­res de Edu­ca­ção Fí­si­ca es­ta­vam for­ma­dos e do­ta­dos pa­ra lec­ci­o­nar a dis­ci­pli­na.

"Ho­je, ve­mos pro­fes­so­res de Edu­ca­ção Fí­si­ca, mui­tos dos quais não têm dom pa­ra es­tar nes­sa dis­ci­pli­na. Des­cul­pem­me pe­la fran­que­za. Es­tão nes­se ra­mo por ques­tão de ne­ces­si­da­de", dis­se.

O che­fe de De­par­ta­men­to da Ju­ven­tu­de e Des­por­to sus­ten­tou que a si­tu­a­ção fi­nan­cei­ra e eco­nó­mi­ca do país nos úl­ti­mos anos con­tri­buiu pa­ra o sur­gi­men­to de "gen­te que es­tá a mu­ti­lar o des­por­to".

Romualdo Baltazar de­fen­deu a ne­ces­si­da­de de se ar­ran­jar mei­os pa­ra se dar im­pu­tes aos pro­fes­so­res de edu­ca­ção fí­si­ca com de­fi­ci­ên­ci­as no ca­pí­tu­lo de for­ma­ção. Uma das su­ges­tões apre­sen­ta­da é "fa­zer tes­tes psi­co­téc­ni­cos" na ad­mis­são à se­me­lhan­ça dos que in­te­gra­ram o Ins­ti­tu­to Mé­dio de Edu­ca­ção Fí­si­ca do Na­mi­be nos tem­pos idos.

"Mui­tos fo­ram pa­ra lá com in­ten­to de pro­cu­rar o pri­mei­ro em­pre­go e re­pro­va­ram nos tes­tes por fal­ta de ca­pa­ci­da­de pa­ra se­rem pro­fes­so­res de edu­ca­ção fí­si­ca", lem­brou o res­pon­sá­vel.

Romualdo rei­te­ra que nos di­as cor­ren­tes, "o in­di­ví­duo é pro­fes­sor de ma­te­má­ti­ca, mas por fal­ta de va­ga nes­sa ca­dei­ra é em­pur­ra­do a lec­ci­o­nar a de edu­ca­ção fí­si­ca pa­ra pre­en­cher a va­ga exis­ten­te".

A es­pe­ran­ça de di­as me­lho­res do des­por­to pre­en­che o so­nho de Romualdo Baltazar. A aber­tu­ra de cur­sos su­pe­ri­o­res de edu­ca­ção fí­si­ca e des­por­tos em di­fe­ren­tes uni­ver­si­da­des do país e, em par­ti­cu­lar, no Ins­ti­tu­to Su­pe­ri­or de Ci­ên­ci­as de Edu­ca­ção da Hui­la, vai col­ma­tar as de­fi­ci­ên­ci­as exis­ten­tes nos pro­fes­so­res.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.