Ves­Ti­do Guc­ci

Super Fashion - - Moda Tendências -

Re­pre­sen­ta a no­va era da mar­ca ita­li­a­na com Ales­san­dro Mi­che­le no co­man­do. Em se­da e or­gan­za bor­da­da, é qu­a­se bo­ni­to de­mais pa­ra ser ver­da­de.

1 Graf­fi­ti: Um, Ma­lá­ria: Ze­ro A agên­cia de co­mu­ni­ca­ção NOS­SA e a Mon­ta­na Lis­boa, lo­ja de­di­ca­da ao mun­do do gra­fi­te, uni­ram-se nu­ma ideia ori­gi­nal e cri­a­ti­va pa­ra dar res­pos­ta a uma das prin­ci­pais cau­sas de mor­te em An­go­la, a Ma­lá­ria. Foi cri­a­da a la­ta Ze­ro, uma la­ta de tin­ta de spray mis­tu­ra­da com um ino­va­dor re­pe­len­te na­tu­ral ba­se­a­do no óleo de ci­tro­ne­la, que afas­ta os mos­qui­tos até 30 me­tros do lu­gar on­de é apli­ca­da. De­pois fo­ram es­co­lhi­dos três ar­tis­tas ur­ba­nos na­ci­o­nais, Tho Si­mões, Spent e Pos­te pa­ra cri­ar mu­rais gra­fi­ta­dos, dan­do cor a al­guns es­pa­ços ur­ba­nos de Lu­an­da e, ao mes­mo tem­po, aju­dar a evi­tar a pro­pa­ga­ção de mos­qui­tos. Ond­ja­ki ga­nha pré­mio li­te­rá­rio em Fran­ça O es­cri­tor angolano Ond­ja­ki foi es­co­lhi­do jun­ta­men­te com Ma­kenzy Or­cel, co­mo ven­ce­do­res do pré­mio Li­te­ra­tu­ra-mun­do do Fes­ti­val de Saint-Ma­lo. A obra con­tem­pla­da do es­cri­tor foi a tra­du­ção fran­ce­sa de ‘Os Trans­pa­ren­tes’ (Les Trans­pa­rents), edi­ta­da o ano pas­sa­do em Fran­ça pe­la Me­tai­lié. O pré­mio, ins­ti­tuí­do pe­la as­so­ci­a­ção Éton­nants Voya­geurs, or­ga­ni­za­do­ra do fes­ti­val, e pe­la Agên­cia Fran­ce­sa de De­sen­vol­vi­men­to, dis­tin­gue uma obra es­cri­ta ori­gi­nal­men­te em fran­cês e um ro­man­ce tra­du­zi­do pa­ra fran­cês que te­nham si­do pu­bli­ca­dos nos 12 me­ses se­guin­tes à en­tre­ga do pré­mio an­te­ri­or. Am­bos os ven­ce­do­res re­ce­be­ram EUR 3000 (USD 3420). Reis de Áfri­ca em Pa­ris " AFRI­CAN KINGS" é uma ga­le­ria de fo­tos apre­sen­ta­da pe­lo fa­mo­so fo­tó­gra­fo ni­ge­ri­a­no Ja­mes C. Lewis, e tem co­mo ob­je­ti­vo ilus­trar ca­da rei Afri­ca­no. Can­san­do de uma his­tó­ria que ilus­tra ape­nas os con­quis­ta­do­res co­lo­ni­ais bran­cos o ar­tis­ta de­ci­diu re­es­cre­ver a his­tó­ria, de acor­do com sua vi­são. Se a Áfri­ca é o ber­ço da hu­ma­ni­da­de e o pri­mei­ro ho­mem é afri­ca­no, por que ra­zão a his­tó­ria in­clui ape­nas bran­cos? "Pre­ci­sa­mos de es­cre­ver nos­sas pró­pri­as ima­gens”. As­sim Ja­mes C.Lewis reú­ne a his­tó­ria dos ho­mens mais for­tes e im­por­tan­tes lí­de­res afri­ca­nos an­te­ri­o­res à co­lo­ni­za­ção. Karl la­ger­feld de­se­nha anéis de noi­va­do Pe­la pri­mei­ra vez, o di­re­tor cri­a­ti­vo da Cha­nel e da Fen­di, de­se­nha anéis de noi­va­do. La­ger­feld fez uma par­ce­ria com a ca­sa de jo­a­lha­ria Fre­de­rick Gold­man pa­ra uma li­nha de al­tas jói­as fi­nas sob a sua mar­ca ho­mó­ni­ma. A pri­mei­ra co­le­ção tem três anéis de noi­va­do, que fo­ram pro­je­ta­dos pa­ra ape­lar à ge­ra­ção do mi­lé­nio, co­mo re­la­ta­do pe­la Vo­gue ame­ri­ca­na. La­ger­feld diz que o pro­ces­so "foi um de­sa­fio”. Co­mo sem­pre, La­ger­feld ti­nha es­pe­ci­fi­ca­ções cla­ras so­bre co­mo os anéis de­ve­ri­am ser. "Têm que ser ele­gan­tes, mas não de bling -bling". To­dos os três mo­de­los es­tão dis­po­ní­veis em pla­ti­na e em ou­ro bran­co e ama­re­lo de 18 qui­la­tes, o pre­ço va­ria en­tre os 1000 e os 10 mil dó­la­res ame­ri­ca­nos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.