Guia de ten­dên­ci­as!

A tem­pe­ra­tu­ra es­tá es­quen­tan­do e é ho­ra de pen­sar em uma trans­for­ma­ção pa­ra ar­ra­sar nes­sa épo­ca do ano

200 Cortes de Cabelo - - Look De Estrela - Tex­to: BRU­NA GI­OR­GI | De­sign: AN­GE­LA A. SOARES

Ove­rão es­tá qua­se aí e pa­ra dei­xar vo­cê por den­tro do que vai bom­bar na es­ta­ção quen­te con­sul­ta­mos pro­fis­si­o­nais de pe­so: Syl­vio Re­zen­de, Ro­sa­na Fre­de­ri­gi, Vi­vi­a­ne Si­quei­ra e Edu­ar­do Cruz. Cor­te, co­lo­ra­ção, me­chas e fi­na­li­za­ção da mo­da pa­ra vo­cê atu­a­li­zar o vi­su­al de acor­do com seu es­ti­lo. Idei­as não fal­tam aqui! En­tão, se jo­gue nas no­vi­da­des.

O CON­CEI­TO

Ve­rão re­me­te a al­go le­ve, di­ver­ti­do e tam­bém sen­su­al. E a ten­dên­cia não fo­ge a es­sas ca­rac­te­rís­ti­cas. “Na­da mui­to cer­ti­nho”, re­ve­la o hairsty­list e vi­sa­gis­ta Syl­vio Re­zen­de. O cor­te cur­to des­co­nec­ta­do, com fran­ja des­fi­a­da, fi­na­li­za­do com on­das não mar­ca­das e com me­chas baby­light em tom ave­lã é o ca­be­lo sen­sa­ção do mo­men­to. Faz a li­nha sexy e rock’n roll, po­rém sem­pre pri­o­ri­zan­do o fres­cor da es­ta­ção, sem ser dark. Mas é pos­sí­vel en­cai­xar o que es­tá em al­ta com o seu es­ti­lo. Con­fi­ra as di­cas a se­guir!

COR­TES

A técnica mais usa­da na es­ta­ção se­rá o des­fi­a­do com na­va­lha e te­sou­ra. “O mé­to­do só não é in­di­ca­do pa­ra ca­be­lo cres­po e mui­to vo­lu­mo­so”, aler­ta Syl­vio Re­zen­de. Já em re­la­ção ao com­pri­men­to, os fi­os en­tre o quei­xo e o om­bro es­tão em al­ta, e as fran­jas pe­dem vo­lu­me e são mais cur­tas, na al­tu­ra en­tre olhos e so­bran­ce­lha.

Cor­tes em ca­be­lo afro e cres­pos não de­vem ser fei­tos com na­va­lha ou te­sou­ra des­fi­a­dei­ra!

Cur­to

A ba­se é qua­dra­da, po­rém as pon­tas são bem re­pi­ca­das ou des­fi­a­das. “O com­pri­men­to do cor­te é de­fi­ni­do con­for­me o ros­to da cli­en­te e a tex­tu­ra do ca­be­lo”, ex­pli­ca Ro­sa­na Fre­de­ri­gi, hairsty­list do sa­lão C.Ka­mu­ra Cam­pi­nas (SP). Es­se ti­po de vi­su­al com­bi­na com mu­lhe­res de ros­to fi­no e alon­ga­do e que gos­tam de ou­sar no lo­ok.

Mé­dio

“O ve­rão pe­de ca­be­los prá­ti­cos, fá­ceis de ar­ru­mar e estilosos”, co­men­ta Ro­sa­na Fre­de­ri­gi. O long bob, com o com­pri­men­to qua­tro dedos abai­xo dos om­bros, com ba­se re­ta e pon­tas des­fi­a­das com­bi­na com to­das as mu­lhe­res e ti­pos de ma­dei­xas.

Lon­go

A mo­da são fi­os cur­tos, mas se vo­cê não abre mão das ma­dei­xas lon­gas, apos­te no vo­lu­me. “In­vis­ta em cor­tes de ba­se re­ta pa­ra dar aque­la sen­sa­ção de ca­be­lo ‘cheio’ e com vo­lu­me, com a fren­te des­fi­a­da pa­ra dar le­ve­za ao vi­su­al e pon­tas re­pi­ca­das”, ex­pli­ca a hairsty­list Ro­sa­na Fre­de­ri­gi. Mas se vo­cê tem a es­ta­tu­ra bai­xa, con­sul­te um pro­fis­si­o­nal an­tes de in­ves­tir no cor­te!

Fran­ja

Os ex­perts in­di­cam as cur­tas, en­tre a so­bran­ce­lha e os olhos, e des­co­nec­ta­das; ou as ir­re­gu­la­res, do na­riz até o quei­xo, usa­das na la­te­ral. “Nor­mal­men­te, o com­pri­men­to da fran­ja é de­fi­ni­do con­for­me o for­ma­to do ros­to”, in­di­ca a hairsty­list Ro­sa­na Fre­de­ri­gi.

As­su­mir os ca­chos na­tu­rais é mo­da e vo­cê po­de con­fe­rir cor­tes que va­lo­ri­zam o es­ti­lo na pá­gi­na 25!

FI­NA­LI­ZA­ÇÃO

“Os aca­ba­men­tos fi­ca­rão mais des­po­ja­dos, com um ar na­tu­ral e sem gran­de fi­na­li­za­ção com pro­du­tos de sty­le”, es­cla­re­ce Edu­ar­do Cruz, téc­ni­co da mar­ca Dik­son, no Bra­sil. As on­das wa­ve, on­das aber­tas em um es­ti­lo praia, são apos­tas cer­tei­ras pa­ra a tem­po­ra­da, já que pro­por­ci­o­nam um vi­su­al sexy, ro­mân­ti­co e le­ve. Syl­vio Re­zen­de dá a di­ca pa­ra cri­ar a fi­na­li­za­ção usan­do mous­se e on­du­lan­do com a cha­pi­nha, fa­zen­do uma on­da pa­ra den­tro e ou­tra, pa­ra fo­ra.

PEN­TE­A­DO

Os pen­te­a­dos se­guem a mes­ma pro­pos­ta da fi­na­li­za­ção, com ar des­po­ja­do e na­tu­ral. “Eles vem com a ideia de que jun­tou o ca­be­lo e pren­deu ale­a­to­ri­a­men­te”, ex­pli­ca Syl­vio Re­zen­de. Co­ques com fi­os sol­tos e o moi­ca­no com ma­dei­xas on­du­la­das na ex­ten­são são op­ções cer­tei­ras. “As tran­ças con­ti­nu­am em al­ta na pró­xi­ma es­ta­ção, com ti­pos va­ri­a­dos: tra­di­ci­o­nal, em­bu­ti­da, com co­ques e no es­ti­lo mes­sy (mais des­po­ja­da, de­sar­ru­ma­da e na la­te­ral)”, re­ve­la Edu­ar­do Cruz.

Ca­ma­das des­fi­a­das Mé­dio em ca­ma­das

Pon­tas re­pi­ca­das

Joãozinho com fran­jão

Des­fi­a­do su­til

Des­co­nec­ta­do com fran­ja

Di­a­go­nal ras­ga­da

To­po com vo­lu­me

Cheia com pon­tas na­va­lha­das

Lon­ga ir­re­gu­lar

Lon­go on­du­la­do

Re­pi­ca­do em “V”

Co­que

des­po­ja­do-chi­que

Tran­ça na la­te­ral

Bob des­po­ja­do

Mé­dio on­du­la­do

Moi­ca­no na­tu­ral

Ca­chos na­tu­rais

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.