Mo­ro aco­lhe só 3% do que La­va Ja­to co­bra em pu­ni­ção

Em no­ve ações, Mi­nis­té­rio Pú­bli­co pe­diu R$ 17 bi­lhões em mul­tas, mas juiz au­to­ri­zou R$ 520 mi

Agora - - Brasil - (FSP)

Ci­fras bi­li­o­ná­ri­as co­bra­das em ações pe­nais pe­la for­ça­ta­re­fa da La­va Ja­to em Cu­ri­ti­ba des­de o iní­cio de­la, em 2014, des­pen­ca­ram nas decisões do juiz Ser­gio Mo­ro.

A re­por­ta­gem com­pa­rou o va­lor pe­di­do pe­los pro­cu­ra­do­res com as decisões to­ma­das por Mo­ro em no­ve das prin­ci­pais ações pe­nais da ope­ra­ção. O juiz aco­lheu só 3% do va­lor re­que­ri­do.

De R$ 17,2 bi­lhões co­bra­dos pe­lo Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral, o juiz sen­ten­ci­ou R$ 520 mi­lhões nas ações mo­vi­das con­tra gran­des em­prei­tei­ras co­mo Ode­bre­cht, An­dra­de Gu­ti­er­rez e OAS, o ex-pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lu­la da Sil­va , o ex-mi­nis­tro An­to­nio Pa­loc­ci (PT) e o ex­de­pu­ta­do fe­de­ral Edu­ar­do Cu­nha (PMDB).

Dois mo­ti­vos ex­pli­cam a di­fe­ren­ça de va­lo­res.

Em pri­mei­ro lu­gar, pro­cu­ra­do­res que­ri­am a de­cre­ta- ção do cha­ma­do “per­di­men­to” não só do di­nhei­ro da cor­rup­ção, mas tam­bém dos su­pos­tos ga­nhos que con­se­gui­ram a par­tir des­ta prá­ti­ca. Se­ri­am R$ 8 bi­lhões.

Mo­ro, en­tre­tan­to, con­de­nou os réus a um to­tal de R$ 460 mi­lhões no que cha­mou de “in­de­ni­za­ção”.

O se­gun­do pon­to são as ten­ta­ti­vas dos pro­cu­ra­do­res de que Mo­ro de­fi­na, já nas sen­ten­ças dos ca­sos cri­mi­nais, o va­lor mí­ni­mo a ser bus­ca­do, em fu­tu­ras ações cí­veis, co­mo com­pen­sa­ção pe­los da­nos so­fri­dos.

Nas decisões, po­rém, Mo­ro dis­se não “vis­lum­brar a tí­tu­lo de in­de­ni­za­ção mí­ni­ma, con­di­ções, pe­las li­mi­ta­ções da ação pe­nal, de fi­xar ou­tro va­lor além das pro­pi­nas di­re­ci­o­na­das aos agen­tes” pú­bli­cos. O juiz pon­de­rou que sua de­ci­são não im­pe­de que Petrobras ou Mi­nis­té­rio Pú­bli­co “per­si­gam in­de­ni­za­ção adi­ci­o­nal na es­fe­ra cí­vel”.

So­men­te em “da­nos mí­ni­mos” de cin­co em­prei­tei­ras, o MP pe­diu R$ 9 bi­lhões. O juiz não fi­xou va­lor. Mo­ro con­ce­deu ape­nas 3% do to­tal dos va­lo­res pe­di­dos pe­la Ope­ra­ção La­va Ja­to, em R$ mi­lhões Con­fis­co de bens In­de­ni­za­ção por pre­juí­zos cau­sa­dos pe­lo réu

14.100

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.